Com espaço em atividades na Universidade de Bari e programação organizada pela Secretaria de Turismo da Região de Puglia, a Rede Internacional de Excelência Jurídica recebe na Itália autores de artigos e livros jurídicos do Brasil

A Universidade de Bari e a Biblioteca da Região de Puglia pela segunda vez abrem as portas para prestigiar autores da doutrina jurídica do Brasil, em evento a ser realizado de 8 a 10 de julho. O encontro, coordenado pela Rede Internacional de Excelência Jurídica, tem ainda o apoio da Secretaria de Turismo e coordenação do Istituto Diplomazia Europea e Sudamericana, com sede em Roma.

PROPÓSITO DO EVENTO

O evento se destina ao reconhecimento formal de autores que contribuem com a doutrina jurídica no Brasil e, ao mesmo tempo, oferecer a cada um ferramentas para o aperfeiçoamento técnico dos textos, ajustando-os aos padrões de diagramação.​

Mesmo autores experientes têm vícios de redação, o que obriga o serviço de revisão a adequar o conteúdo. Ainda assim, nem sempre os revisores têm o domínio do vocabulário ou  detêm conhecimentos específicos sobre a matéria em exame. Assim, invariavelmente, apesar da qualidade técnica, o resultado é comprometido por questões de estética e pela não observância de regras de cautela.​

Nesse sentido, o II ENCONTRO DE AUTORES JURÍDICOS, que se realiza na bela cidade de Bari, na Itália, tem dois propósitos que farão a diferença na carreira:​

  • ·         Oferecer contato com juristas e autores italianos, em reconhecimento formal como produtor de ciência - o que lhes credencia ao recebimento da medalha de honra do autor visitante, entregue em solenidade.
  • ·         Participação de aula-debate sobre técnica de redação jurídica adequada às exigências editoriais, nas instalações da Universidade de Bari.

 

QUEM PODE PARTICIPAR

Podem participar autores de publicações em qualquer área do Direito. Entende-se por publicação tanto por meio físico quanto eletrônico; tanto livro quanto artigo.

São admitidos, também, autores de obras conexas, como medicina legal, psicologia, sociologia, economia, administração pública, administração corporativa e ciência política. Incluem-se, ainda, autores ou coautores de textos institucionais, como pareceres jurídicos para órgãos públicos e estudos que contribuam para o aperfeiçoamento das instituições. 

É condição a de que tenha formação acadêmica em ciências jurídicas ou nas áreas afins (relacionadas acima); que indique a sua produção (título, ano e meio de publicação); e que faça a inscrição na forma e no calendário disponibilizados pela administração do evento. 

Informações e inscrições:

www.excelenciajuridicainternacional.com



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0