Auditoria em organizações, sistemas e processos de saúde

18/06/2024 às 17:49
Leia nesta página:

A auditoria em organizações, sistemas e processos de saúde é uma prática fundamental para garantir a qualidade dos serviços oferecidos à população. Desde a história da saúde, vemos a necessidade de monitorar e avaliar os cuidados prestados aos indivíduos seja por meio de inspeções regulares, relatórios de desempenho ou auditorias formais.

No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) tem como princípio a garantia do acesso universal e igualitário aos serviços de saúde, o que torna ainda mais importante à realização de auditorias para verificar se esse objetivo está sendo alcançado. Além disso, o planejamento em saúde é essencial para a organização eficaz dos recursos e a otimização dos serviços oferecidos à população.

A logística aplicada à saúde é fundamental para garantir o acesso a medicamentos, equipamentos e materiais necessários para o funcionamento das unidades de saúde. A ética nos serviços de saúde também é um aspecto essencial, garantindo que os profissionais atuem de forma honesta e íntegra no cuidado aos pacientes.

A saúde pública é uma preocupação de todos, e a gestão e avaliação na atenção básica são fundamentais para garantir a qualidade e eficácia dos serviços prestados. A auditoria em saúde desempenha um papel crucial nesse contexto, identificando falhas e oportunidades de melhoria nos processos de trabalho.

Em resumo, a auditoria em organizações, sistemas e processos de saúde é uma ferramenta poderosa para garantir a qualidade e eficiência dos serviços prestados à população. É importante que as instituições de saúde estejam atentas a essa prática e se esforcem para implementar processos de auditoria eficazes em suas rotinas de trabalho. Com isso, será possível promover a melhoria contínua da qualidade dos serviços de saúde e a satisfação dos pacientes.

Notas e Referências:

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm.>. Acesso em: 17 de junho de 2024.

BRASIL. Lei 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondente. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8080.htm>. Acesso em: 17 de junho de 2024.

BRASIL. Lei 8.142/90, de 28 de dezembro de 1990. Dispõe sobre a participação da comunidade no SUS. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8142.htm>. Acesso em: 17 de junho de 2024.

Sobre o autor
Benigno Núñez Novo

Pós-doutor em direitos humanos, sociais e difusos pela Universidad de Salamanca, Espanha, doutor em direito internacional pela Universidad Autónoma de Asunción, com o título de doutorado reconhecido pela Universidade de Marília (SP), mestre em ciências da educação pela Universidad Autónoma de Asunción, especialista em educação: área de concentração: ensino pela Faculdade Piauiense, especialista em direitos humanos pelo EDUCAMUNDO, especialista em tutoria em educação à distância pelo EDUCAMUNDO, especialista em auditoria governamental pelo EDUCAMUNDO e bacharel em direito pela Universidade Estadual da Paraíba. Assessor de gabinete de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado do Piauí.

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!
Publique seus artigos