O Brasil é campeão em taxas excessivas de juros, provocadas principalmente pelo Cartel Bancário instalado. Veja como solucionar o problema com juros abusivos.

Embora saibamos que os tempos atuais estão sendo marcados por crises financeiras, há ramos no mercado que conseguem atuar, consegue ter fluxo. Um deles é o ramo imobiliário.

Segundo um estudo realizado pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), em um acumulado de 12 meses, relativo aos períodos de agosto de 2017 a julho de 2018, foram vendidas mais de 28 mil unidades imobiliárias. Se comparar ao mesmo período relativo à 2016/2017 as vendas somaram-se pouco mais de 17 mil unidades. Em percentual podemos dizer que houve um aumento de 62,4% nas vendas imobiliárias.

Mais de 70% das vendas deu-se através de financiamento bancário.

Bom, o que nos importa?

Importa-nos uma vez que muitas irregularidades podem vir a ser cometidas, nos contratos de financiamento, no momento da aquisição da propriedade.

A questão das taxas de juros excessivas é uma grande vilã do consumidor. No Brasil as taxas de juros afiguram-se abusivamente altas.

Nosso tema de hoje é, exatamente, sobre o juros abusivos em contratos imobiliários, por essa razão leia até o fim e veja como resolver o seu problema com as taxas de juros excessivas.

Ademais, neste artigo você poderá entender o porquê de a advocacia Rocha Advogados é a figura mais preparada para lhe ajudar a obter uma sentença revisional exitosa.

Portanto, boa leitura!

O que são e porque existem os juros?

Juros são as remunerações pagas à quem fornece um empréstimo ou financiamento para você. Em outras palavras, juros são as taxas cobradas para que se permita usar um dinheiro que não lhe pertença.

Da mesma forma ocorre quando se deixa dinheiro depositado em um determinado banco. Este realiza diversas transações com o dinheiro e no momento de devolver ao cliente, o faz com juros.

Toda remuneração paga a título de juros, é regulamentada através do Banco Central do Brasil e este estipula uma média aceitável que toda pessoa pode se utilizar.

O que caracteriza os juros abusivos?

Mostra-se como uma pergunta bastante difícil de responder, uma vez que a lei não especifica o que exatamente é e quais o ditames para caracterizar o juro abusivo.

Para identificar a incidência de abusividade na taxa de juro é necessário atentar-se às regras ditadas pelo Banco Central do Brasil acerca de determinado ramo no mercado e verificar que, no caso concreto, o juro estipulado encontra-se dentro ou não dos parâmetros instituídos pelo Banco.

Extrai-se de plano a importância de ser assistido por profissionais especialistas e altamente capacitados para o pleito, uma vez que não afigura-se um tarefa fácil.

Sumariamente, disse acima que existe um parâmetro estipulado pelo BC (Banco Central) para calcular os juros em qualquer negócio jurídico, a partir do momento em que há a cobrança acima da razoabilidade e proporcionalidade daquilo pacificado pelo BC, resta configurado os juros abusivos.

Os juros abusivos nos contratos imobiliários

É fato que no Brasil a incidência de juros nas relações bancárias são um grande problema, seja para comprar um bem móvel (veículo) ou um imóvel, os índices de juros são altíssimos.

Especificamente tratando-se de relações imobiliárias o problema se acentua, uma vez que os financiamentos perpetuam por mais de 30 anos, em muitos casos.

A política de juros abusivos acontecem em virtude das seguintes razões:

  • O total desconhecimento do consumidor para com o produto;

  • Quais as taxas ou juros que podem ser cobradas;

  • Sobre o que podem ser cobradas;

  • Política adotada pelo BC.

Embora ocorrem por causas separadas tudo gira em torno da ingenuidade do consumidor com relação aos seus direitos.

De uma forma ou de outra o Código do Consumidor tentou minimizar este problema, prevendo diversas punições à quem assume determinada postura em detrimento dos consumidores.

Para se ter uma ideia, enquanto a taxa mundial de juros é de 3,95% a nossa chega a 40%.

Comumente os bancos têm se utilizado do IGPM + 1% de juros, que deverá incidir sobre o saldo devedor.

Dependendo da fórmula de amortização que for utilizada no contrato, a dívida jamais poderá ser quitada.

Imóveis no valor, por exemplo, de R$1.000.000,00, a utilização da correção do IGPM traria a correção do valor na ordem de 1% ao mês.

Estamos falando, portanto, de R$10.000,00 a mais, todo mês a título de correção do saldo devedor.

Aplicando-se, ainda, o percentual de 1% de juros, acrescentaria mais R$ 10.000,00 no saldo devedor. Ao final, mensalmente, teria uma correção de R$ 20.000,00.

Caso o consumidor adquira e pague mediante parcelas cujo valor não se figurar elevado, ou não superar a orla de R$ 20.000,00, jamais irá se desvencilhar da dívida.

Pedir a rescisão do contrato de financiamento culminará em diversas multas, elevando ainda mais a dívida.

O que fazer então?

É imprescindível, antes de realizar qualquer negócio jurídico, estar assessorado por um advogado; por alguém que possui condições de analisar aquilo que é melhor para você e, se porventura, o negócio não vai lhe auferir prejuízos futuros.

Ademais, caso tenha sido vítima de juros abusivo será preciso propor uma Ação de Revisão de Contrato, sendo que somente o advogado detém o poder de postular em juízo em nome de alguém.

Dificilmente instituições financeiras solucionam os conflitos extrajudicialmente, ainda mais quando o valor do financiamento for elevado.

Considerando que inexistem critérios objetivos fixados em lei para identificação do juro abusivo, o que existe é uma pacificação através da jurisprudência embasada nos critérios  do Banco Central e da prática da boa-fé. Sendo assim mostra-se imprescindível contratar bons profissionais através de uma advocacia especializada.

Somente através do trabalho de bons profissionais da advocacia será possível identificar os erros de aplicação dos juros no contrato do consumidor e por fim, especificar a abusividade presente, afastando qualquer incidência que lese o direito do consumidor ou em maiores proporções, rescindir o contrato.

Por essa razão a Advocacia Rocha Advogados aparece com especial destaque, haja vista que detém os melhores profissionais do ramo, laborando não só na região de Goiânia, mas sim em todo o Brasil, oferecendo um serviço altamente competente.

Por esta razão conte sempre com advocacia Rocha Advogados.

Por Rafael Rocha


Autor

  • Rafael Rocha

    Dr. Rafael Rocha (Currículo):

    O advogado Rafael Rocha é advogado criminalista, consultor e parecerista em matéria Penal e Processo Penal.

    Formações Acadêmicas:

    Bacharel em Direito pelo INESC/MG Bacharel em Teologia pelo SETECEB/GO Pós graduado em Direito Empresarial pela FIJ/RJ Pós graduado em Direito Penal e Processo Penal pelo ATAME/GO

    Entidades que faço parte:

    Vice Presidente da Comissão de Direito Penal Militar OAB/GO 2016-2018 Membro do Grupo Brasileiro da Associação Internacional de Direito Penal. Membro da OAB/GO Abracrim – Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas

    Cursos de formação complementar:

    Realizou o curso EMPRETEC, um programa da ONU em parceria com o Sebrae no Brasil. Sócio fundador do Escritório Rocha Advogados. Professor Universitário nas áreas de Direito Empresarial, Direito Penal e Processo Penal. Professor de cursos preparatórios, pós graduações, palestrante. Possui curso de gestão de escritório pela ESA (Escola Superior de Advocacia). Realizou curso de aprofundamento em Direito Eleitoral de 180 hs pela ENA (Escola Nacional de Advocacia). É Life e professional Coach e Busines Executive Coach pela Academia Internacional de Coach. Fundador do Escritório Rocha Advogadose do Radar Legal. Participou do projeto amigos da Escola como Professor de Xadrez. Desenvolve programas na área social para incluir os menos favorecidos em cursos profissionalizantes.

    Um Pouco da história:

    O Dr. Rafael Rocha é advogado militante que arduamente desenvolve um brilhante trabalho na defesa do interesse de seus clientes.

    Rapidez, agilidade, e profissionalismo são as diretrizes que regem a atuação desse advogado que busca com intrepidez o melhor resultado para aqueles que contratam os seus serviços.

    Advogado criminalista destacado na Capital Goiana e no Centro Oeste, já reconhecido pelas vitórias que tem conquistado na seara do Direito Penal.

    Nascido na Cidade de Anicuns-GO, onde passou sua infância e adolescência, hoje reside e atua em Goiânia, advoga em diversos estados da federação, com clientes até em outros países.

    O diferencial do seu trabalho é a aplicação da Excelência em tudo o que faz, primando sempre pela vitória de suas causas.

    O Dr. Rafael Rocha está à disposição para conhecer e atuar com brilhantismo em sua causa.

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor

    Site(s):

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Tratamento de Dados do Jus.

Regras de uso