A “ciência psíquica” é, no momento, o grande repositório de conhecimentos necessários para a resolução dos mais diversificados conflitos existenciais e explicações dos mais variados comportamentos humanos em sociedade.

Não se nega a variedade existente de definições e conceituações acerca das “ciências psíquicas”. Dentre seus vários ramos, áreas e subáreas ressalta a psicologia que, em tradução literal do original grego significa “ciência da alma”.

Para nós as “ciências psíquicas” compõem todos os métodos, formas e protocolos tendentes a entender o funcionamento da mente humana em toda sua extensão e complexidade, não apenas do ponto de vista fisiológico, mas, fundamentalmente, metafísico.

Desde sua formação embrionária até o final da vida do indivíduo sua mente não para de sofrer inúmeras transformações, não apenas influenciadas pela bioquímica cerebral, notadamente os hormônios, mas, fundamentalmente, pelas experiências cotidianas que foram a complexa teia do aprendizado.

O objetivo dessa coluna e da temática das “ciências psíquicas” é entender como nós, seres humanos, funcionamos. Nossos traumas, aprendizados, bloqueios, conquistas, progressos e demais comportamentos.

Temos conhecimento da área de psicologia, tendo em vista nossa formação em ciências humanas e, principalmente, o fato de estamos constantemente buscando aprendizado.

O que iremos expor aqui não são verdades absolutas, mas, observações e conclusões hauridas no cotidiano.

Por estarmos há algum tempo na consultoria jurídica e treinamento de competências humanas na área de alta performance foi possível constatar vários padrões comportamentais das pessoas que nos procuraram e procuram.

Em um escritório de advocacia as pessoas não têm medo de dizer a verdade. Afinal, nós não julgamos. Colhemos o maior número possível de informações visando solver o problema existencial (e jurídico) apresentado pela pessoa. Como a pessoa/cliente não sairá com um diagnóstico de suas manifestações psíquicas, as travas se rompem e a pessoa solta “tudo” que a levou ao problema noticiado.

Não raras vezes a conversa dura horas a fio e, ao final, a própria pessoa concorda com a possibilidade de um acordo, pelo simples fato de ter desabafado e, por conseguinte, dado vazão às suas mais intensas emoções que a estavam impedindo de ver a solução em meio à névoa do desespero.

Nós, articulistas desta coluna, temos apenas duas regras em nosso atendimento ao público: NÃO JULGAR, NEM PRESSUPOR!

Assim, para nós, a “ciência psíquica” é, no momento, o grande repositório de conhecimentos necessários para a resolução dos mais diversificados conflitos existenciais e explicações dos mais variados comportamentos humanos em sociedade.


 

Rodrigo Mendes Delgado

Advogado e criminólogo

Heloiza Beth Macedo Delgado

Advogada e analista comportamental


Autores

  • Rodrigo Mendes Delgado

    Advogado. Escritor. Palestrante. Parecerista. Pós-Graduado (título de Especialista) em Ciências Criminais pela UNAMA – Universidade do Amazonas/AM. Ex-presidente da Comissão e Ética e Disciplina da 68ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção de São Paulo por dois triênios consecutivos. Membro relator do Vigésimo Primeiro Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/SP pelo 3º triênio consecutivo. Autor dos livros: O valor do dano moral – como chegar até ele. 3.ed. Leme: Editora JH Mizuno, 2011; Lei de drogas comentada artigo por artigo: porte e tráfico. 3.ed. rev., atual. e ampl. Curitiba: Editora Belton, 2015; Soluções práticas de direito civil comentadas – casos concretos. Leme: Editora Cronus, 2013 (em coautoria com Heloiza Beth Macedo Delgado). Personal (Life) & Professional Coach certificado pela SOCIEDADE BRASILEIRA DE COACHING – SBCOACHING entidade licenciada pela BEHAVIORAL COACHING INSTITUTE e reconhecida pelo INTERNACIONAL COACHING COUNCIL (ICC). Carnegiano pela Dale Carnegie Training Brasil. Trainer Certificado pela DALE CARNEGIE UNIVERSITY, EUA, tendo se submetido às certificações Core Competence e Endorsement, 2014. (Contatos profissionais: Cel./WhatsApp +55 018 9.9103-5120; www.linkedin/in/mdadvocacia; [email protected])

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor

    Site(s):
  • Heloiza Beth Macedo Delgado

    MBA in Coaching; Master Coach com Formação em Executive Coaching, Business Coaching, Career Coaching, Personal & Professional Coaching, Positive Coaching e Mentoring pela Sociedade Brasileira de Coaching – SBCOACHING, entidade licenciada pela Behavioral Coaching Institute e reconhecida pelo Internacional Coaching Council (ICC), além de ter formação em Business Coaching pela Brian Tracy International, Analista em Teoria Disc e Motivadores pela TTI Sucess Insight Brasil, Analista Alpha pela Woth Ethic Corporation, Analista de Forças de Caráter pelo VIA Institute on Character; Recrutamento e Seleção por Competência pela Self Treinamentos; e Instrutora/Trainer Certificada pela Dale Carnegie University, EUA, tendo se submetido às certificações Core Competence e Endorsement em 2014; Advogada, Pós-Graduada (título de Especialista) em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Anhanguera – UNIDERP; Escritora nas áreas do direito, administração, comportamento, treinamento e desenvolvimento de pessoas, coautora do livro: Soluções práticas de direito civil comentadas – casos concretos. Leme: Editora Cronus, 2013; Palestrante desde 2011; Mediadora, conciliadora e árbitra pela Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial – CBMAE; Capacitação e aperfeiçoamento em Conciliação pela Escola Paulista da Magistratura – EPM; Capacitação em Resolução Consensual de Conflitos pela ENAM – Escola Nacional de Mediação do Ministério da Justiça em parceria com a UNB – Universidade de Brasília; possui habilidades na condução de processos de coaching e de programa de capacitação e desenvolvimento de competências. (Contatos profissionais: Cel./WhatsApp +55 018 9.9140-8039; www.linkedin/in/heloizadelgado; [email protected]

    Textos publicados pela autora


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Tratamento de Dados do Jus.

Regras de uso