Ao navegar, você aceita que o Jus use cookies e parcerias para personalizar conteúdo e anúncios. Política de Privacidade

Símbolo do Jus.com.brJus.com.br

Organização político-administrativa brasileira

Uma análise das 7 (sete) características do Estado Brasileiro.

 

Reconhecimento internacional

De acordo com o estudo do Direito Internacional Público, um Estado somente se constitui como tal se houver o reconhecimento de outros Estados. Assim como a identidade humana necessita do outro para existir, o Estado necessita de outros Estados reconhecendo sua soberania para existir.

Elementos do Estado

No estudo da Teoria Política do Estado, fica estabelecido que os elementos necessários para a composição do Estado são: o povo, o território e a soberania.

Carta Maior

A Constituição é o documento político-jurídico mais importante do Estado brasileiro e dispõe das diretrizes fundamentais que regem o Brasil. Nela contém os princípios, direitos, garantias e remédios fundamentais e a organização político-administrativa do Brasil.

República Federativa do Brasil

O Brasil é uma República Federativa, sob a égide de um Estado Democrático de Direito, constituindo como entes federativos a União, os Estados-membros e os Municípios, bem como o Distrito Federal. Em todos os entes, de forma sincrônica, está presente a figura dos três poderes, dos policiais – que estão presentes nos três poderes –, bem como das funções essenciais à Justiça.

Três Poderes

O Poder Legislativo legisla e fiscaliza o Estado. O Poder Judiciário julga. O Poder Executivo governa, administra e representa o Estado.

Policiais, bombeiros, Força Nacional e guardas municipais

No Brasil há as categorias de policial civil, militar, federal, rodoviário federal, ferroviário federal, legislativo e do Exército. Também há as categorias de bombeiro civil e de bombeiro militar, mas somente o bombeiro militar é agente público. Ademais, tem-se a Força Nacional e as guardas municipais.

Funções Essenciais à Justiça

O Ministério Público fiscaliza a ordem jurídica e substitui a sociedade nos casos de ações civis e penais públicas. A advocacia representa e assessora pessoas físicas e jurídicas nas suas questões jurídicas. A advocacia pública representa judicial e extrajudicialmente o Estado. A defensoria pública assessora e representa a parcela da sociedade financeiramente hipossuficiente.

Referências:

BRASIL. Constituição Federal. Brasília: 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm>. Acesso em: 30 jul. 2019.

CLIFFORD, Giovanna. Reconhecimento de Estado e de Governo. Jusbrasil. 8 nov. 2016. Disponível em: <https://giovannaclifford.jusbrasil.com.br/artigos/402720802/reconhecimento-de-estado-e-de-governo>. Acesso em: 30 jul. 2019.

BAALBAKI, Sérgio. O Estado, o povo e a soberania. Migalhas. 6 out. 2005. Disponível em: <https://www.migalhas.com.br/dePeso/16,MI16466,91041-O+Estado+o+povo+e+a+soberania>. Acesso em: 30 jul. 2019.

GASPARETTO, Gilberto. Polícia: Instituição se divide em diferentes tipos e funções. UOL Educação. Pedagogia & Comunicação. p. 3. 8 fev. 2019?. Disponível em: <https://educacao.uol.com.br/disciplinas/cidadania/policia-instituicao-se-divide-em-diferentes-tipos-e-funcoes.htm?cmpid=copiaecola>. Acesso em: 30 jul. 2019.

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE MINAS GERAIS. Qual a diferença entre o bombeiro civil e o bombeiro militar? Disponível em: <http://www.bombeiros.mg.gov.br/component/content/article/39-conteudo-dgaa/70713-diferenca-bombeiro-civil-militar.html>. Acesso em: 30 jul. 2019.

Sobre a autora
Imagem do autor Lorena Ferreira de Araújo
Lorena Ferreira de Araújo

Advogada | Mestranda em Relações Contratuais Internacionais.

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos
Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!