Ao navegar, você aceita que o Jus use cookies e parcerias para personalizar conteúdo e anúncios. Política de Privacidade

Símbolo do Jus.com.brJus.com.br

Confira 10 dicas para não cair no golpe do empréstimo falso

Devido à alta na procura por empréstimo pessoal, consequentemente a quantidade de golpes aumentou também.

Devido à alta na procura por empréstimo pessoal, consequentemente a quantidade de golpes aumentou também. O crédito tem diversas utilizações, desde a quitação de dívidas até a aquisição da casa própria. Com isso, muitas organizações financeiras têm surgido, na tentativa de suprir cada vez mais o aumento dessa demanda. 

Porém, por outro lado, nasceram quadrilhas especializadas em empréstimos online, aproveitando essa alta na procura por dinheiro emprestado.

 O que pode piorar essa situação é a crise atual que o nosso país vive, já que nos momentos de emergência, acabamos aceitando qualquer tipo de oferta sem ao menos saber da idoneidade de quem está oferecendo. 

 Em razão disso, confira dez dicas preciosas que ajudarão você a evitar golpes de empréstimo e se manter longe de encrencas! Vamos lá? 

O que é o golpe do empréstimo falso?

Como mencionado acima, existem quadrilhas especializadas nesses tipos de crimes que criam sites, e-mails falsos e através das redes sociais, elas divulgam essas linhas de crédito com a intenção de fecharem contratos e fazerem cobranças antecipadas.

 

No entanto, após todo o procedimento, elas somem com a quantia, sem liberar nenhum tipo de empréstimo pessoal. Além disso, elas podem usar seus dados para realizar novas fraudes e roubos.

Como não cair no empréstimo do golpe do falso

Há algumas dicas que podem te auxiliar a não cair no golpe do empréstimo online. É necessário reconhecer algumas das práticas dessas “empresas” que aplicam o golpe. 

Por isso, listamos abaixo dez dicas certeiras que vão te impedir de cair nesse tipo de crime.

Faça uma pesquisa sobre a empresa

Antes de qualquer passo, procure realizar uma profunda pesquisa sobre a instituição financeira que chamou a sua atenção. Não buscar informações relevantes é um erro gravíssimo que muitas pessoas cometem ao optar por uma empresa de empréstimo online.

Verifique a regulamentação em instituições oficiais

Verifique a seriedade da empresa de empréstimo online. Para isso, basta checar se ela tem registro do CNPJ na Receita Federal:

  1. Entre no site da Receita;

  2. Pesquise dados como razão social, nome fantasia, endereço e atividades, que devem ser exatamente os mesmos informados no site da instituição de crédito;

  3. Essa consulta permitirá que você acesse a situação cadastral do negócio, para confirmar se ela está ativa ou não.

Procure avaliações de outros clientes

Análise a reputação da empresa perante os seus clientes. Existem sites famosos como Reclame Aqui e as redes sociais como Instagram e Facebook que podem confirmar se o serviço prestado é confiável, qual o nível de satisfação das pessoas e se há reclamações por parte dos consumidores. 

Nunca deposite nenhum valor antecipado

Você só deverá pagar algo para instituição financeira, depois que receber o dinheiro do empréstimo pessoal, já por tratar-se de uma prática ilegal. Antes disso, nunca adiante nenhum pagamento já que as quadrilhas agem dessa maneira. 

Não deposite em contas de pessoa física

Como mencionado no tópico sobre situação cadastral do negócio perante a Receita, a instituição financeira deve ter um CNPJ e seguir todas as normas do Bacen. 

Não se esqueça que o empréstimo online é um serviço que só pode ser realizado por uma empresa que tenha sua situação regulamentada. Caso seja o contrário, pode ter certeza de que é golpe!

Não compartilhe dados pessoais com desconhecidos

Evite utilizar computadores de uso público para fazer esse tipo de solicitação de empréstimo online

O mesmo pode ser dito para não fornecer nenhum tipo de dado com desconhecidos, já que estes poderão ser usados para aplicar golpes em outras pessoas.

Não divulgue informações pessoais nas redes sociais

Lembre-se de que nesses sites os posts são públicos. Por isso, dados como seu endereço, telefone e documentos pessoais nunca devem ser expostos nestas páginas. 

Infelizmente, fraudadores podem utilizar dessas informações para atuar como uma empresa de crédito ou mesmo para aplicar outros golpes.

Não compartilhe senhas bancárias

A contratação do empréstimo pessoal não exige o compartilhamento de senhas bancárias, por isso nunca passe para ninguém. Elas são de uso privado e exclusivo.

Simule o empréstimo em sites confiáveis

Pequenos detalhes podem evitar qualquer tipo de fraude eletrônico. Em primeiro lugar, confira o endereço eletrônico do site: é extremamente relevante que ele inicie com as letras https e não apenas http. 

Outro ponto importante é observar se há um símbolo de um cadeado no canto inferior da página: se ele estiver lá, significa que o site é seguro e tem seus dados criptografados.

Desconfie de ofertas boas de mais

Normalmente a contratação de um empréstimo online costuma ser desburocratizado e rápido, mas, ainda assim, a solicitação de um crédito exige um cuidado de análise maior por parte da instituição. 

Como é a prestação de um serviço é de ordem financeira, existem taxas de juros envolvidos e outros detalhes.

Caso uma instituição facilite muito a concessão de um crédito, sem fazer uma análise criteriosa de documentos do solicitante, pode ter certeza que a empresa não é idônea. 

Por segurança de ambas as partes, existem procedimentos que são necessários para garantir que não exista nenhum tipo de dor de cabeça posterior.

Nunca deixe de seguir as dicas

Seguindo todas as dicas acima, pode ter certeza de que o risco de você cair em um golpe é nulo! Você tem mais alguma dúvida sobre solicitar com segurança um empréstimo online? Deixe nos comentários abaixo para sabermos mais!

Sobre o autor
Imagem do autor Gustavo Fonseca
Gustavo Fonseca

Cofundador da Empresa Doutor Multas. Especializada em recursos de multas de trânsito. Site: doutormultas.com.br

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos
Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!