Ao navegar, você aceita que o Jus use cookies e parcerias para personalizar conteúdo e anúncios. Política de Privacidade

Símbolo do Jus.com.brJus.com.br

Plano Nacional de Segurança Viária

Conheça o Plano Nacional de Segurança Viária, que visa reduzir o número de mortes nas estradas em dez anos.

Apesar do carro ter sido inventado apenas no século passado, ele provou ser extremamente popular, e hoje muitos de nós dependem dos carros. Na verdade, qualquer pessoa teria dificuldade em encontrar uma família que não tenha um carro na garagem. Isso ocorre porque se pode realizar muitas coisas, pois são essencialmente ferramentas, embora para alguns possam ser projetos apaixonantes. No entanto, permanece o fato de que eles são infinitamente úteis e nos permitem realizar tarefas diárias, como levar os filhos à escola ou ir ao trabalho.

Por outro lado, também são máquinas altamente letais. Nas mãos erradas, e até mesmo nas mãos certas, acidentes podem acontecer e, infelizmente, um ser humano nunca vai vencer uma colisão contra uma tonelada de metal. É por isso que é importante ter o tipo certo de legislação em vigor para proteger o público contra a ocorrência desses acidentes. O Brasil já está na vanguarda disso, como pode ser verificado pelo Plano Nacional de Segurança Viária, que visa reduzir o número de mortes nas estradas em dez anos. Isso vai ajudar quem já mora no Brasil, mas quem é novo no país, se mudou para cá ou está apenas de passagem pode estar se perguntando como funciona dirigir aqui, já que isto é diferente em cada país.

Há muitas coisas que aqueles que são novos no Brasil precisam saber quando se trata de dirigir, embora alguns aspectos possam ser familiares para alguns, especialmente aqueles que vêm dos Estados Unidos. Por exemplo, o trânsito flui pela direita no Brasil e ultrapassagem só pode ser realizada pela esquerda, que é o inverso de alguns países como o Reino Unido. Os viajantes vindos desses países onde a direção é invertida podem achar este fato assustador no início, mas logo se torna algo natural.

Como muitos outros países, usar o telefone ao voltante é estritamente proibido. A única maneira dos motoristas usarem os recursos do telefone celular é por meio de um sistema viva-voz. Embora isso não seja exclusividade do Brasil, há outros lugares onde o uso do telefone acarreta penalidade mais branda, então quem vem dirigir no país deve saber que usar o telefone ao dirigir pode ser algo pesado em termos de multas.

As leis para dirigir no Brasil são aplicáveis em nível federal, o que significa que todo o país está sujeito a uma legislação uniforme. Isso é ótimo porque significa que não há diferenças regionais, então não há confusão entre o que é permitido e o que não é. Por exemplo, os motoristas não podem estacionar de frente para o trânsito. Isso pode ser uma surpresa para alguns, pois muitos países permitem isso, mas se os motoristas desejam estacionar em uma estrada no Brasil, seus carros devem estar parados no fluxo de tráfego, provando ser mais um fator que os novatos no Brasil devem considerar.

Seguir todas as leis irá garantir que aqueles que estão na estrada e fora dela possam continuar fazendo as coisas que amam, como jogar jogos de azar online, encontre os melhores casinos online em Portugal aqui, mas mais importante que isso, significa que todos serão capazes de se manter seguros.

Sobre o autor
Imagem do autor Gustavo Fonseca
Gustavo Fonseca

Cofundador da Empresa Doutor Multas. Especializada em recursos de multas de trânsito. Site: doutormultas.com.br

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi

Publique seus artigos
Compartilhe conhecimento e ganhe reconhecimento. É fácil e rápido!