Respostas

6

  • 0
    C

    capadócio Suspenso Domingo, 23 de setembro de 2012, 13h11min

    Eu não sei mas sei que se você estudá-las saberá a diferença e até poderá me agraciar de vir aqui e dizer em outras palavras o que segue:

    A que se propõe a Teoria Geral do Estado? Ela se diz geral, observa o professor Orlando Carvalho, à semelhança da Teoria Geral do Direito. No Direito Constitucional, estudamos um determinado Estado (no Direito Constitucional Brasileiro, estudamos o Estado brasileiro, etc.), mas a Teoria Geral do Estado não estuda um determinado Estado. A expressão Teoria Geral do Estado é uma expressão alemã, divulgada sobretudo por Jellinek. A Teoria Geral do Estado procura, indaga, os aspectos totais do Estado, sob uma pauta que varia de autor para autor, mas não estuda um determinado Estado.A Teoria do Estado tem por objeto conceitos que têm raízes na infra-estrutura sociológica, porém nós a visamos aqui com conceitos estáticos. Aqui, vamos estudar instituições acima da superfície, mais ou menos estabilizadas.
    fonte: http://www.profpito.com/planobitar1.html
    Vá a este sítio e estude a cerca de sua dúvida, lindona.

  • 0
    P

    pensador Segunda, 24 de setembro de 2012, 10h19min

    Prezada MicheleeN,

    Permita-me discordar ligeiramente do Sr. capadócio. O direito constitucional nem sempre é o direito constitucional de um Estado determinado, visto podermos tratar de uma jusfilosofia do direito constitucional. Não fosse assim, não poderíamos raciocinar o direito constitucional acima de uma ótica puramente positivista.

    A questão principal, é que o direito constitucional trata de uma ótica jurídica do Estado, enquanto a teoria geral do Estado abarca além da ótica jurídica as demais tensões e influências que compõem um Estado (sociológica, política, filosófica etc.).

    Sob este prisma, o direito constitucional é espécie do gênero teoria do Estado e, pré-compreensão necessária para o estudo do primeiro.

    Mas não se preocupe com as denominações, que tem caráter unicamente didático. Com o aprofundamento de seus estudos, terá uma melhor compreensão do tema.

    Pode dirimir algumas dúvidas iniciais, consultando o livro do Bonavides.

    Saudações e bons estudos,

  • 0
    C

    capadócio Suspenso Segunda, 24 de setembro de 2012, 11h29min

    Sr. pensador não é de mim que deva discordar e sim do texto o qual eu mencionei a fonte e aliá fosse eu um estudante de direito teria o texto como um norte para saber a diferença a cerca do tópico levando em consideração suas lições que sempre enriquecem os temas ou respostas etc.

  • 0
    Geovani da Rocha Gonçalves

    Geovani da Rocha Gonçalves Quarta, 07 de novembro de 2012, 13h04min

    Michele,

    De uma forma bastante simples a Teoria Geral do Estado busca fundamentar como se formou o Estado e o por que. Basta lembrarmos que nem sempre o Estado existiu e que isso ocorreu em determinado momento histórico, pois com a divisão social do trabalho, certas funções político-administrativas e militares acabaram sendo assumidas por um grupo específico de pessoas. Esse grupo passou a deter o poder de impor normas à vida coletiva. Assim teria surgido o governo, por meio do qual foi se desenvolvendo o Estado. Por isso a TGE (Teoria Geral do Estado) vai se debruçar nos estudos históricos da formação do Estado, começando pela formação das sociedades, as espécies de sociedades, por conceitos do que é nação e seus elementos, Estado e sua justificação, evolução e institucionalização do poder, conceito e natureza do Estado, componentes do Estado, formas de Estado, Formas de governo, entre tantos outros aspectos.

  • 0
    Geovani da Rocha Gonçalves

    Geovani da Rocha Gonçalves Terça, 20 de novembro de 2012, 13h00min

    O pensador,
    Sem entrar no mérito de sua observação, parece-me claro a postagem, pois devido ao objetivo do fórum, não há como discorrer em detalhes sobre a formação do Estado e os filósofos que tentaram explicar sua origem e sendido ao longo da história, pois como você mesmo disse a TGE envolve aspectos sociológicos, políticos, filosóficos etc. De qualquer forma, respeito sua opinião, muito embora sem a fundamentação nescessária de onde estaria o equívoco.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.