Olá, meu nome é Verônica e tenho 21 anos. Meus pais são "separados" desde que tinha 9 anos de idade (separados apenas de casa, não no papel - judicialmente ainda são casados). Sou formada em Gestão de Recursos Humanos e pretendo iniciar uma segunda graduação em Psicologia, gostaria de saber se posso exigir que meu pai pague? Estou desempregada à 4 meses, a minha primeira graduação foi adquirida através do FIES (eu que pago, meu pai não teve participação financeira). Tentei um acordo amigável, pedi pra ele custear meus estudos já que atualmente ele trabalha e tem uma estabilidade, mas ele se opôs. Ele nunca me pagou pensão! O que me orientam a fazer? Quais são os meus direitos? Por onde devo começar? Fico no aguardo, obrigada!

Respostas

4

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.