Jus Dúvidas

Perguntar

Qual é a sua dúvida?

Ola boa noite, Eu queria saber se procede abertura de processo contra o Estado, quando em virtude de açoes consideradas negligentes, da qual venha produzir resultados catastroficos. Foi o que aconteceu com um vizinho meu, que fora atingido por um projetil na cabeça, como resultado da troca de tiros entre policia e bandidos, sendo que segundo testemunhas o PM que procedeu a abordagem nao esperou a chegada do seu companheiro, que estava na vtr. agiu de forma desplicente e negligente, abordando sozinho 03 elementos, sendo que um dos mesmos estava armado e atirou contra o militar, que segundo testemunhas estava tao despreparado que deixou a arma cair do coldre, ficando totalmente sem açao, e vale ressatar que havia 02 PM's em sintese em virtude disto o rapaz se encontra, em recuperaçao mas devido ao ferimento nao se sabe se o mesmo voltara a ter uma vida produtiva e ainda o cidadao e pai de 2 crianças e o que mais me chateia o mesmo se encontrava trabalhando, ja que o referido cidadao possui um comercio proximo ao local do ocorrido. Obrigado

Respostas

17

  • 0
    J

    jptn Sábado, 07 de abril de 2007, 19h08min

    Em tese sim. Mas no seu caso é dificil, primeiro porque voce não sabe qual bala atingiu seu vizinho se do bandido ou da policia, meras testemunhas não vale nada aqui, segundo porque o primeiro policial fez a abordagem dos bandidos e começou a troca de tiros, VOCE QUERIA QUE ELE ESPERASSE SEUS COLEGAS DE FARDA, ´SO SE FOSSE PARA PO-LO EM UM CAIXÃO, terceiro esta cena de deixar o revolver cair no chão está mais pro circo do que pro real, mas pode acontecer, então como o policial se salvou diante das miras opositoras? Foi um milagre é? quarto vc finaliza sua pergunta completamente confuso, bolado memo, chapado zé. Vale lembrar que centenas de outros casos de balas perdidas que vemos quase que diariamente nos telejornais de tv nunca ninguém sabe donde vem, se da arma dos mocinhos ou dos bandidos (bang, bang, a tela vista baby). Bem não sabem porque vivemos num circo sem ordem nem lei saco. Dizem que mocinhos e bandidos aqui se confundem, eu não creio!

    E blá blá blá blá blá.

  • 0
    L

    Lene Domingo, 08 de abril de 2007, 0h21min

    No RJ e em SP já existem várias ações de indenização por falta de segurança contra o Estado. Faça uma pesquisa.

  • 0
    J

    jptn Domingo, 08 de abril de 2007, 7h57min

    Não dúvido disto! Ocorre que muitas delas não vai ter exito algum e muitas vão, basta provar.

    Quero ver levar indenização por falta de segurança, entrar em juízo é fácil, aliás muito fácil!

    E aqueles que conseguirem um resultado positivo só verá dinheiro mesmo, dim dim no duro daqui uns 10, 15, ou 20 anos.

  • 0
    C

    Claudio Henrique Campos Domingo, 08 de abril de 2007, 8h42min

    Antônio Marcos,

    Concordo com Lene, faça uma pesquisa mais avançada.

    Só quero ressaltar o seguinte do que vc expôs: Quase certo que o que as testemunhas viram cair não foi a arma, foi o coldre. Muitos policiais
    (fora da regulamentação militar) utilizam um tipo de coldre que é preso apenas por um "clip", 90% das vezes quando se saca a arma deste tipo de coldre, o mesmo cai, ou fica prestes a cair, mesmo assim é mais rápido seu saque. Pesquise também o tipo de farda e acessórios que a militar pode utilizar...

    Se as pessoas não entrarem agora com a ações que devem demorar 10, 15 ou 20 anos estará depois desses anos todos com certeza pior do que agora.

  • 0
    A

    antonio marcos Domingo, 08 de abril de 2007, 15h08min

    Ola boa noite,
    Como e importante vivermos numa democracia, e poder contar com um espaço como este do JUS NAVEGANDI, em que podemos "discutir", sobre variados temas que permeiam o nosso dia-a-dia. Bem respondendo ao caro colega vou ressaltar que eu posso ter me expressado mal; na redaçao da minha pergunta entao vamos esclarecer alguns pontos:
    1-Nao sao meras testemunhas, sao pessoas que presenciaram o fato literalmente, desde do inicio, por tanto todas, que nao sao poucas, tem a autoridade de questionar a açao do policial.
    2-Quando eu falei que ele nao aguardou a presença do seu companheiro, eu digo o que segundo as testemunhas declararam, que o mesmo partiu rumo aos elementos de maneira displicente e que nao esperou a cobertura do seu companheiro para efetuar a busca pessoal, é fato que com certeza todos os policiais aprendem no seu curso de formaçao que jamais se procede uma busca sem cobertura.
    3- Segundo as pessoas que presenciaram o fato a arma do policial caiu mesmo, quando o mesmo tentou revidar a açao do meliante, tanto que descreveram com detalhes este fato, dizendo que o "pente"(carregador) da pistola caiu para um lado e a arma propriamente dita caiu em outra direçao.
    4-O meliante iniciou os disparos ja em movimento.
    5-O fato ocorreu em campo aberto, e o que realmente"salvou a vida do policial foi o fato do mesmo ter caido, tendo em vista que o vagabundo começou a disparar a esmo. E o proprio policial declarou que se salvou por pouco
    6-Ja foi comprovado que o projetil que abateu o cidadao foi oriundo da arma do meliante. e o caro colega nao obsevou que eu falei que apenas um dos meliantes estava armado.
    Por tanto que quero esclarecer que pode ter havido uma má expressao da minha parte, e quero ressaltar ao nobre colega que eu nao uso drogas para estar chapado, posso ter me expressado de forma imcopreensivel, por tanto nao gostei da metafora utilizada . E como este espaço e destinado a tirar duvidas de pessoas leigas comou eu, eu me dou o direito de errar, mas nao agredir ninguem. OBRIGADO.

  • 0
    C

    Claudio Henrique Campos Domingo, 08 de abril de 2007, 15h53min

    Antônio Marcos,

    Agora é possível entender sua pergunta inicial, e a resposta se se pode processar o Estado agora é NÃO.

    Seria possivel se o policial tivesse atirado, mas não foi ele, a "ação" dele, mesmo que atrapalhada, não é entendida neste caso como negligência, porque não foi ele o autor da ação.

  • 0
    J

    jptn Domingo, 15 de abril de 2007, 9h07min

    Faço não me recuso a pesquisar mais avançadamente, só vou fazer quando estiver dentro de um caso semelhante donde verei dim dim dinherinho à vista, agradeço o conselho e a persistência em fazer-me atualizar

  • 0
    J

    João Carlos Alexandre dos Santos Domingo, 15 de abril de 2007, 15h23min

    boa noite

    Antonio Marcos, procure saber se foi instaurado algum procedimento contra a Ação negligente do militar na Auditoria Militar e de posse de alguma decisão desfavorável a este agente da Lei por ter agido com negligência, e de posse deste documento se tiver tramitado algum processo ou esteja tramitando tire cópia integral do procedimento judicial, juntando também docs. referentes aos danos causados pelo despreparo do militar, ou seja, receitas, laudos médicos, fotos de jornais se houver etc, e ingresse com Ação indenizatória contra o Estado, requerendo distribuição a uma das Varas da Fazenda de sua cidade,podendo requerer como liminar que enquanto tramitar o processo que o Estado custeie o tratamento ou despesa de outra natureza da qual a pessoa atingida esta impossibilitada de cumprir por causa dos danos que sofreu em sua integridade fisica.

    Espero ter com minhas afirmações ajudado de alguma forma

  • 0
    A

    antonio marcos Quinta, 19 de abril de 2007, 14h46min

    Agradeço demais por suas informaçoes, com certeza vou segui-las e se tiver noticas positivas ou negativas a respeito eu te informo, obrigado.

  • 0
    6

    666 Segunda, 04 de maio de 2009, 2h53min

    bom cmg aconteceu q sai da aula e estava na praça com amigos dai a policia apareceu deram geral batendo em todos sem ninguem ter falado nada dai apanhei fiz BO contra os policiais so q a 1 dia atraz ele voltou so pra me ameacar ele me bateu d novo e falou q sabia q fiz BO e ia me matar dai fiz outro BO contra o msm PM e tenho varias testemunhas q viram inclusive acho q um amigo gravou tudo entao gostaria de saber se eu poderia processar o estado??

    OBRIGADO

  • 0
    C

    candido alencar Sábado, 23 de maio de 2009, 20h04min

    Meu nome foi colocado no spc/serassa, por um cartorio de protesto sem eu estar devendo o mesmo. Ou seja eu tinha um cheque em um supermercado e esse cheque bateu sem fundo, ai o sup. Me protestou em um cartorio, fui ao mesmo e paguei o cheque e fui ao cartorio dar baixa. Limpei meu nome em 2007. Mas hj em 2009, o mesmo cheque q ja foi dado baixa voltou a ser protestado pelo mesmo cartorio, a funcionaria me confirmou q foi um erro do cartorio, que ela nao sebe explicar como foi q aconteceu.So q eu tenho a certidao q nao devo e q ja paguei o cheque. O mesmo cheque de 2007, foi protestado duas vezes.E ele surgiu de novo em 2009. Ai meu nome ta sujo por um cheque ja pago e dado baixa. Isso pode? E como devo proceder? Me ajudem estou com nome sujo mesmo sabendo q nao devo.E a funcionaria mesmo confirmando e me dando toda documentação q informa q nao devo nada ao cartorio. O pior q ja pedir um partamento pelo fato d estar com o nome sujo e protestado pelo mesmo cartorio duas vezes.

  • 0
    M

    Miguel da Silva Guimarães Belém/PA Quinta, 03 de setembro de 2015, 3h56min

    Candido! junte suas provas documentais e testemunhais, e cópias de documentos pessoais e comprovante de endereço seu e do reu, procure um advogado para ajuizar a empresa e o escritorio de forma subsidiária para reaver os seus direitos. caso não tenha condições de custear os honorarios e as avenças, busque a justiça gratuita, ou um nucleo de pratica juridica de alguma faculdade/universidade que tenha o curso de Direito.

  • Removida

    Esta resposta foi removida.

  • -1
    Kassia Bethania Oliveira

    Kassia Bethania Oliveira Terça, 14 de fevereiro de 2017, 22h40min

    Boa noite! gostaria de saber se o estado pode ser processado pelos prejuizos economicos e psicologicos que passei por conta da crise na segurança aqui no estado causada pelo governador ?

  • 0
    K

    Ketlin Andrade Quinta, 11 de maio de 2017, 17h29min

    Oi queria saber se posso processar o estado o meu esposo foi agredido pela polícia e ela estava com minha filha de 3 anos DO que essa agresao fico conseconcia minha finha ta tendo surto psicológico Tá fazendo tratamento perdi meu serviço pra cuidar dela que a creche não quer ficar . Se ela ve uma polícia na rua entra em surta eu não aguento mais ja dei parte na corregedoria

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Precisa de Advogado?
Do u need lawyer