Minha ex tá alienando gravemente minha filha de 03 anos. A 01 ano reuno provas sobre isso. Falei que ia denunciar ela ela por isso e displicência na saude da menina e ela me acusou na delegacia da mulher de violencia e abuso contra a pequena. E ainda ganhou medida protetiva me acusando de um caminhão de mentiras que posso comprovar a verdade de tudo. Ela tá revoltada a alguns meses porque quer que eu autorize ela levar minha filha pra viver no japão. Ela é muito mal intencionada, mesquinha e dissimulada. A justiça ainda concedeu a ela e a minha filha medida protetiva fundamentada num monte de mentiras. Me acusou de ser drogado, alcólatra, suicida, violento e até esqueci o resto. O pior que nem me intimaram pra depoimento e já foram concedendo medida e tudo. Tá dando um trabalhão pra minha família isso. Como posso proceder? Quero a guarda da pequena com tudo isso. E processar ela por alienação parental, calúnia, difamação e falso comunicado de crime. Posso comprovar de várias formas que sou limpo e inocente. Integralmente. Tenho print´s de ameaças pelo whatsapp. Foto dos maus tratos que proporciona a minha filha. E, inclusive, na escolinha da minha filha a diretora e a pedagoga tiveram tanto problemas com ela que se ofereceram para depor contra ela na justiça. Não quero o mal dela, mas isso tem que ser tratado seriamente no âmbito da justiça. Me ajudem com experiências e conselhos, por favor. Perdoem o texto enorme.

Respostas

9

  • 0
    Lisnei

    Lisnei #{user.city.long_name("/")} 182613/MG Quarta, 30 de novembro de 2016, 23h02min

    Procure um advogado. Somente ele estando a par de todo o processo pode te ajudar. Infelizmente tudo isto já ocorreu, pois tudo que ela te acusou não houve contestação de sua parte. Não existe mentiras ou verdades, existe fatos que podem ser provados ou não. Prove que as alegações dela não podem se sustentar e então poderás reverter o jogo a seus favor, do contrário, chore e lamente.

  • 0
    M

    Maxxi Quarta, 30 de novembro de 2016, 23h08min

    Mas fiquei impressionado mesmo foi com as brechas que essa lei maria da penha tem, para pessoas maliciosas e advogados peçonhentos. Manipulam como querem. E quando a mulher precisa mesmo, acaba não adiantando tanto.
    Brasil

  • 0
    Lisnei

    Lisnei #{user.city.long_name("/")} 182613/MG Quarta, 30 de novembro de 2016, 23h14min

    Concordo com voce, a lei veio para proteger as mulheres vitimas de violência, 40 vezes ela fala do agressor, diversas vezes fala da mulher mas nunca fala do homem, para alguns estudiosos esta lei, é sexista e até mesmo inconstitucional. Assim as invenções da mulher valem muito mais que as verdade do homem.

  • -1
    P

    Pai Gente Fina Quinta, 01 de dezembro de 2016, 8h49min

    Não acho deslealdade alguma.

    Quem nunca quis escutar uma segunda opinião?
    Quem nunca quis averiguar se existem outros caminhos?

    Acho falta de inteligência ter apenas uma fonte de informação.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.