Eu estava com mais de 8 meses quando cheguei no dia 26 de agosto de 2016 na empresa atrasada, pois houve um acidente na BR. Quando cheguei fui questionada referente ao atraso pela sócia da empresa e expliquei a situação, quando conclui ela falou que eu saísse mais cedo de casa e houve uma pequena discussão. Ela pediu para eu voltar para casa. Com a raiva que senti minha pressão aumentou e fui para o hospital. Não cheguei ser internada, mas fiz exames pois meu bebê estava mexendo pouco depois disso. Fiz exames e fiquei 15 de atestado. Para me assegurar fui ao sindicato registrar isso porque a justiça do trabalho estava de greve na época. Posso processar a empresa por causa disso?

Respostas

3

  • 0
    A

    Aline Ramos Sexta, 10 de fevereiro de 2017, 13h15min

    Não pode. Pois o que sua chefe fez está dentro da lei, vc chegou atrasada e ela te puniu como qualquer outra funcionária, mesmo que vc tenha dito que teve transito no caminho, ela não é obrigada a aceitar atrasos dos funcionários.
    Vai processa-lo por que? Não cabe processo

  • 0
    D

    Daniele Santos Sexta, 10 de fevereiro de 2017, 13h23min

    Eu na época estava grávida é essa discussão aumentou minha pressão e fiquei 15 dias de repouso para não prejudicar meu bebê. Tenho todos os atestados, até fui no sindicato relatar o acontecido. Ela prejudicou o final da minha gestação. Por causa da pressão alta, meu parto teve que ser cesariana.

  • 0
    A

    Aline Ramos Sexta, 10 de fevereiro de 2017, 14h02min

    Daniela, vc se vc estava errada por chegar atrasada, sua chefe teria que te advertir verbalmente ou até por escrito, e pode sim te mandar retornar para casa. Se vc se estressou com o ocorrido ela em não teve culpa, visto que apenas fez o que deveria ter feito, vc é quem deveria ter aceitado a advertência evitando demais discussões. Não cabe processo nesse caso, visto que ela não fez nada fora da lei.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.