Olá, recentemente, cerca de um mês atrás, compareci a Seleção Geral do Exército no lugar e hora marcadas na Internet. Até aí nada demais, só que na hora da entrevista o militar perguntou se eu tinha algum curso profissionalizante e eu, como faço eletrotécnica, pensei que ele estava se referindo ao fato de estar cursando e não de ser técnico já formado, por isso respondi que era técnico em eletrotécnica, até depois relatei que queria mudar de curso para Eletrônica.

Tempos depois, porém, analisando a situação, eu me dei conta do grave erro que cometi, e gostaria de saber se isso poderia me acarretar algum problema mais grave e pode interferir no meu processo de seleção, já que desejo não servir. Gostaria de saber também se eu preciso relatar isso ao quartel o quanto antes, ou devo esperar caso eu seja dispensado por excesso de contingente ou designado para incorporar

Respostas

5

  • 0
    D

    Desconhecido Sexta, 17 de novembro de 2017, 18h00min

    Isso não interfere em absolutamente nada. O máximo é que for selecionado poderia ir trabalhar numa área especifica

  • 0
    J

    João Valois Sexta, 17 de novembro de 2017, 18h05min

    Tem certeza? Mas será que eu não serei preso ou algo do tipo? Não quero causar problemas a ninguém!

  • 0
    J

    João Valois Sexta, 17 de novembro de 2017, 18h06min

    Além disso não estou interessado na área de Eletrotécnica, como já falei quero mudar para Eletrônica. Meu medo é o de ser convocado somente por dizer que sou técnico e por isso sofrer alguma punição grave!

  • 0
    D

    Desconhecido Sexta, 17 de novembro de 2017, 18h08min

    Não.e por isso que ser a convocado.e nem ser a dispensado.

  • 0
    D

    defensor direito militar Terça, 05 de dezembro de 2017, 12h08min

    Meu caro, não vislumbro dentro da lei militar e tampouco na legislação complementar(Regulamento Disciplinar) caso de crime ou transgressão, o que pode ocorrer é você ser designado para servir na Garagem da Unidade Militar ou na Garagem da Companhia/ Esquadrão/Bateria. Existem casos em que o Conscrito consegue ser dispensado antes de ser incorporado, mas pra isso existe um Processo Administrativo. Eu mesmo já consegui retirar das fileiras do Exército um jovem que está pra ser incorporado e outro já incorporado, inclusive, esse último fez até o Campo do Período Básico . Sou Especialista em Direito Militar, com mais de 12 anos desempenhado como Sargenteante do Exército Brasileiro.