Olá, gostaria de tirar uma dúvida por aqui. Tive uma audiência de conciliação mais não entramos num acordo e o processo está em movimento, na intimação que chegou até mim está que minha ex quer 50% do salário mínimo e que até o dia previsto para essa audiência de conciliação eu teria que pagar 30% do salário mínimo, mais eu sempre paguei antes mesmo de terminarmos , só que como não chegamos em um acordo nesse dia eu estou pagando os 30% do mínimo mesmo. Só que ela me ligou esses dias falando que eu tenho que pagar as férias e o 13° mais os 30%. Detalhe: a próxima audiência nem foi marcada ainda. Eu tiro férias de 15 dias em dezembro e pego o décimo tudo junto. Como eu faço essa conta? Tenho que pagar mesmo se quando eu entrar de férias a audiência não tenha acontecido ? Minha advogada não foi muito prestativa no meu caso por isso estou aqui , nem na audiência de conciliação ela apareceu e minha esposa procurou ela na internet e não é a mesma mulher que eu conversei , são pessoas diferentes. Achei até que fosse secretária dela .

Respostas

6