dei um cheque para outra pessoa emprestado essa pessoa trocou no agiota, o cheque é de 1996, nunca foi apresentado no banco, e agora o agiota quer executar o cheque. pergunto. o que devo fazer? como devo contestar? o agiota terá que comprovar a transação comercial? como fazer se eu não passei o cheque para o agiota, e sim a terceiros que trocou? como discutir os juros que já estão embutidos nos cheques, na época era de 21%

Respostas

1

  • 0
    C

    celso silva Domingo, 23 de junho de 2002, 7h03min

    Humberto

    A referida cartula já se encontra prescrita bem como o prazo para ação de cobrança executiva do titulo, poderia o autor entrar com ação monitoria mas teria que provar a origem da dívida,quantos aos juros seriam os legais ( 0,5% ao mes.)

    Atte
    Celso Silva

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.