OLá, Namorei um rapaz durante anos e engravidei. Passei o aperto da gravidez quase todo sozinha, passei a gravidez inteira com ele falando que o filho poderia não ser dele Nosso filho nasceu continuamos juntos e eu arcando com todas as responsabilidades,ele arrumou um serviço fora da cidade e não tinha dinheiro pra ir então eu peguei o cartão do bolsa familia e penhorei 3 meses ele foi em janeiro a patir do momento que viajou eu ligava pra ele e perguntava o que tava acontecendo e ele desligava o telefone na minha cara me dizendo palavrão durante os dois meses cortaram minha energia e o gás acabou e eu não tinha condições de de compra alimentação foi o jeito eu ir pra casa da minha cunhada durante esse tempo a criança teve um problema de saúde e ele nunca ligou pra saber como a criança tava
O tempo passo eu fui pra casa dos meus pais aí ele começou a depositar o dinheiro na minha conta mais nem ele né o povo da familia perguntava sobre a criança eu descobri que ele tinha outra mulher em junho ele parou de depositar o dinheiro da pensão em agosto ele chegou em Colinas tava com 7 meses sem ver lo, eu não proibi de ve-lô. Eu queria que ele marcasse um lugar pra ele passa 1 hr com ele pq meu filho amamenta no peito. Alguns dias atras ele veio com um papo de querer levar meu filho para a casa dele, mas não concordei, porque na casa dele eles tem costume de beber todo final de semana, e sempre muito. Passei muito aperto na gravidez com isto e sempre saindo prejudicada pelos seus habitos , sendo que ele nunca abriu mão do seu tempo, e nem da sua rotina que é: beber muito, curtir os amigos e , sempre foi assim mesmo depois que meu filho nasceu. Sei dos direitos dele, mas gostaria muito de saber por quanto tempo eu posso adiar a saida do meu filho de perto de mim?

Respostas

4