Antes de descobrir que estava grávida ele me humilhou publicamente. E depois eu fiquei na rua aí meus pais me ajudaram. Depois descobri que estava grávida e nisso falei com ele e ele não quis saber do filho e disse que não era o pai e depois falou pra família inteira dele que não era jamais pra entrar em contato comigo e com o menino. Depois ele matou o pai dele e hoje tá preso. E eu depois desses nove meses tive que registrar o meu filho só no meu nome pois sou mãe solteira. E agora o oficial de justiça me ligou. E ele quer entrar em contato com a família do meu filho . Eles não quiseram saber do meu filho e não ajudaram em nada até hoje. Eles tem direito de reclamar do meu filho na justiça e tomar de mim?

Respostas

1

  • 0
    F

    fauve Quarta, 13 de janeiro de 2021, 20h03min

    Tomar a criança de você não. Conviver com a criança sim. Isso após a ação de investigação de paternidade comprovando que o pai é mesmo ele.