Boa tarde!

Minha vizinha implica quando saio com o cachorro e ele faz cocô na frente da mansão dela. Detalhe é no lado de fora da propriedade na grama que fica na calçada da rua. E mais outro detalhe, eu sempre recolho as fezes, mas ela implicou e diz que fica cheiro e que tem que mandar lavar a calçada e a grama. Eu achei um exagero, já que é passeio público e tomo os devidos cuidados de não deixar nada ali de fezes. O que fazer se isso se repetir?

Respostas

7

  • 0
    H

    Hen_BH Quarta, 13 de janeiro de 2021, 18h19min

    Não seria melhor levar um jornal e quando o cão se abaixar para defecar, colocá-lo debaixo?

    A depender da consistência do "produto" ainda restarão resquícios malcheirosos após o simples recolher, e cuja solução só pode ser mesmo lavar.

    Devo pensar na linha da empatia: e o cão de alguém fizer isso na sua porta, e mesmo recolhendo restar sujeira no local. Estará de boa para você?

  • 0
    S

    Sandro Nogueira Quarta, 13 de janeiro de 2021, 18h35min

    Claro que sim de boa, sem problemas, na linha da empatia, além do mais a via é pública. Até porque outras pessoas passam por ali, que não recolhem as fezes dos cães, largam lá e tem também os cães abandonadas que defecam por ali. Por que eu iria incomodar a pessoa que está agindo de forma educada? Obrigada por seu comentário.

  • 1
    H

    Hen_BH Quarta, 13 de janeiro de 2021, 19h14min Editado

    Vamos por partes.

    Via pública não é sinônimo de coisa sem dono. PÚBLICO é aquilo que pertence a TODOS (meu, seu, da vizinha, do padeiro, do mendigo...) e assim sendo ninguém pode usar de modo prejudicial ao outro e do modo que quiser. Afinal, somos TODOS "donos".

    Caso contrário jamais poderíamos reclamar quando um mau político "roubasse" dinheiro PÚBLICO, pois sob essa ótica ele poderia pensar em fazer do dinheiro o que ele quisesse, pois final de contas ele diria que se é PUBLICO então é de NINGUÉM.

    A mesma lógica vale para o argumento de que há outros que passam pelo local e não recolhem as fezes. Já que há muitos ladrões roubando, se você for roubada não poderá reclamar com o ladrão, pois ele dirá: há outros que roubam também, e eu só estou fazendo o que muitos fazem. Passe a bolsa e o celular!

    Ainda que para você esteja de boa, ela não é obrigada a pensar do mesmo modo que você. Mas se ao invés de um cão, uma pessoa defecar na sua porta e em seguida recolher, dê-lhe um sorriso e um bom dia, afinal de contas no final aquilo também são fezes e foram devidamente recolhidas.

    Boa noite.

  • 0
    F

    fauve Quarta, 13 de janeiro de 2021, 19h52min

    Roseli nem sempre o que é legal é moral. Você deveria deixar seu cachorro fazer as necessidades dele na sua casa ou sair com ele de fralda e seria um animal a menos a produzir fedor na rua.

    Porque Amadinha, para o ambiente ficar limpo não basta tirar o grosso, é preciso higienizar o local conforme sua vizinha está colocando. Ou na sua casa você se limita a apenas recolher o mais grosso?