Jus Dúvidas

Perguntar

Qual é a sua dúvida?

Respostas

6

  • 0
    A

    Anna- Quarta, 01 de outubro de 2008, 10h06min

    A

    Lei n. 8.625/93 estabelece no seu artigo 41, I, que os membros do Ministério Público devem receber o mesmo tratamento jurídico e protocolar dispensado aos membros do Poder Judiciário. Sendo assim, promotores e procuradores de Justiça serão tratados por “Vossa Excelência”.
    Também é praxe o uso de: Ilustre membro do Ministério Público, Douto Promotor.

    Espero ter-lhe ajudado

  • 0
    Dirceu Rybicki

    Dirceu Rybicki Quarta, 22 de abril de 2015, 9h39min

    bom dia promotor eu quero fazer pergunta eu tou morrando 13 anos com meu vô eu só neto na colônia agora ,eu quero sai daqui ,é tem 4 filho agora não quere cuidar eu queria ver ok poderia fazer nesse causo Doutor .As filha não quere levar ainda eu ele querem vender terra é compra lote por vô no valor de r$ 200.000 eu não quere cuida

  • 1
    I

    ISS// Quarta, 22 de abril de 2015, 10h11min

    Simplesmente incompreensível seu texto, duvido que alguém tenha entendido alguma coisa, portanto impossivel dar alguma resposta.

  • 0
    Luciana

    Luciana Quarta, 21 de outubro de 2015, 14h47min

    Ilustre e ilustríssimo não se usa mais, como se pode verificar em diversos manuais de redação, inclusive no da Presidência da República:
    "Como se depreende do exemplo acima, fica dispensado o emprego do superlativo ilustríssimo para as autoridades que recebem o tratamento de Vossa Senhoria e para particulares. É suficiente o uso do pronome de tratamento Senhor."
    Do mesmo modo, não se usa mais o Digníssimo:
    " Em comunicações oficiais, está abolido o uso do tratamento digníssimo (DD), às autoridades arroladas na lista anterior. A dignidade é pressuposto para que se ocupe qualquer cargo público, sendo desnecessária sua repetida evocação."

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região