Comprei um imóvel com minha tia. Mas por divergências, decidi passar o imóvel para ela, que assumiu o pagamento das parcelas desde então. Quero retirar meu nome do financiamento, mas ela precisa comparecer ao banco para apresentar a documentação. Como posso forçá-la a realizar os procedimentos para alterar a titularidade do financiamento?

Respostas

7

  • 0
    I

    ISS// Sexta, 26 de novembro de 2021, 11h16min

    E ela tem renda suficiente para assumir o financiamento?

  • 0
    M

    Marcos Sexta, 26 de novembro de 2021, 12h41min

    Sim. Ela quem paga as parcelas há uns 5 anos.

  • 0
    I

    ISS// Sexta, 26 de novembro de 2021, 12h44min

    O fato dela pagar nao importa para a cef. De qualquer forma contrate um advogado para uma ação judicial.

  • Removida

    Esta resposta foi removida.

  • 0
    F

    fauve Sexta, 26 de novembro de 2021, 13h17min

    Marcos objetivamente: será um novo contrato, com uma nova analise de crédito de forma que se o agente financeiro não aprovar que apenas ela fique responsável pelas parcelas a justiça não pode te ajudar. Contrato assinado deve ser honrado.

    Por outro lado, supondo-se que sua tia não queira nem mesmo tentar mudar a titularidade do imóvel a única forma de resolver isso será pela via judicial. Ou seja: contratando um advogado.

  • 0
    M

    Marcos Sexta, 26 de novembro de 2021, 15h00min

    Certo Fauve. Quanto aos procedimentos com relação ao à alteração da titularidade, já me informei na CEF. Realmente é outro contrato e será realizada uma análise. Ela tem renda, trabalho fixo e tudo mais.
    A questão é que ela não quer ir ao banco apresentar a documentação. E minha dúvida é se é possível obrigá-la por via judicial ou não. Se existe essa possibilidade e qual seria. E obrigado pela atenção.

  • 0
    H

    Hen_BH Sexta, 26 de novembro de 2021, 15h29min

    Não vejo a mínima possibilidade de obrigá-la a ir ao banco para fazer um novo contrato.

    O atual contrato é plenamente válido, contou com a sua manifestação de vontade (da qual você não alega nenhum vício de consentimento), sendo portanto totalmente hígido e eficaz.

    A própria palavra "contrato" pressupõe duas ou mais manifestações de vontade. E se a sua tia não quer fazer um novo contrato, não se pode obrigá-la a manifestar o que não quer.

  • Removida

    Esta resposta foi removida.

  • 0
    F

    fauve Sexta, 26 de novembro de 2021, 16h45min

    Quitar o imóvel e pedir a extinção do condomínio é uma possibilidade.

  • Removida

    Esta resposta foi removida.