Dúvida Revelia

Bom dia galera, estou com uma dúvida e caso alguém poder esclarecer ficarei grato.

Aqui no Rio de Janeiro, um cliente do escritório foi intimado para apresentar defesa em processo de divórcio litigioso, e só procurou advogado, mais de 45 dias depois, sendo que no despacho o juiz citou para no prazo de 15 dias da juntada do mandado.

pergunto?

Os reflexos da revelia, é só para a ação de divórcio ou também para a divisão de bens? O um advogado pode fazer neste caso? Pois, houve bens sonegados, além de constar bens que já foram vendidos pela anuência dos dois.

O que o advogado deve fazer? Poderá ele sustentar que o pazo para contestação começa a fluir do primeiro dia útil posterior a audiência de conciliação marcada para setembro? Com fundamento no Art. 125, IV do CPC, e pelo princípio da economia processual?

Obrigado?



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Livraria