O sistema é utilizado através de câmeras de alta resolução para fazer a liberação das cargas animais e vegetais...

Conforme notícia divulgada pelo G1 – Globo informa que Porto de Santos passou adotar tecnologia inédita para fiscalizar cargas agropecuárias a distância sem a necessidade de conferir a carga presencialmente.

 O sistema é utilizado através de câmeras de alta resolução para fazer a liberação das cargas animais e vegetais, visto que, os produtos agropecuários que entram e saem do Porto de Santos, o maior da América do Sul e serão fiscalizados pelo novo sistema de inspeção à distância.

 A Alfândega do Porto de Santos, responsável pela entrada, permanência, movimentação e liberação das mercadorias, implantou em 2015 o sistema Confere (Conferência Física Remota) para agilizar o fluxo das cargas que caem no canal vermelho e exigem uma conferência dos fiscais federais.

 Após prévio agendamento da verificação da mercadoria, a carga é posicionada no local adequado a conferência, em frente às câmeras disponíveis no terminal. O acompanhamento é feito dentro do escritório, onde o fiscal consegue realizar a análise da carga mantendo contato telefônico e visual com a equipe que está no local, podendo fazer orientações e intervenções a qualquer momento.

 A solução tecnológica deve promover agilidade na fiscalização e reduzir o tempo de liberação das cargas de origem animal e vegetal, trazendo menos custos à comunidade portuária.

Fonte: G1.GLOBO

Em caso de dúvida entre em contato com a nossa equipe especializada para que possamos lhe ajudar.



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0