O Desembargador Archimedes Castro Campos Júnior, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, deferiu liminar em mandado de segurança (Nº 0000859-10.2021.5.09.0000) após uma servidora do Estado do Paraná ter 20% do seu salário penhorado.

O Desembargador Archimedes Castro Campos Júnior, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, deferiu liminar em mandado de segurança (Nº 0000859-10.2021.5.09.0000) após uma servidora do Estado do Paraná ter 20% do seu salário penhorado – processo oriundo de dívidas (Nº 0524800-64.2009.5.09.0965). Lembrando que a decisão de penhorar 20% do salário foi determinado pela 3ª Vara do Trabalho de São José dos Pinhais.

Na decisão, o relator ressaltou a penhora sobre salário só tem cabimento quando os créditos decorrem de prestação alimentícia decorrentes de acidentes de trabalho e as importâncias excedentes a 50 salários-mínimos.

A defesa da impetrante alegou no mandado de segurança que é preciso corrigir a ilegalidade da penhora, tendo em vista se tratar de salário sendo essencial para o seu sustento próprio e de sua família.

O Desembargador Archimedes Castro Campos Júnior destacou que:

Denota-se, portanto, que a decisão atacada, ao determinar a penhora sobre o equivalente a 20% do salário da executada, independente da natureza do crédito, viola o disposto no art. 833, IV e § 2º, do CPC/2015, conforme interpretação desta Seção Especializada”.

A banca do escritório Guazelli Advocacia representa os interesses da impetrante.


Autor

  • Pedro Henrique de Lima Moraes

    Jornalista diplomado (MTB 11050/PR). Possuo conhecimento em apuração, produção e divulgação de reportagem; de releases; de contatos diretos com jornalistas de outros veículos (na área de assessoria de imprensa); de preparação do assessorado em entrevistas marcadas (seja qual for tipo de veículo de mídia); de gerenciamento de Social Media nas principais redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin); transmissões ao vivo pelo OBS para diversas plataformas; gravações em OBS; e por fim edição básica de vídeo e imagem (Photoshop).

    Sou atualmente repórter, produtor executivo e âncora substituto do programa Verdade&Expressão e assessor de imprensa na Guazelli Advocacia e Integrare.

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Tratamento de Dados do Jus.

Regras de uso