Tudo com o intuito de desenvolver o país, além de reduzir as alíquotas da população mais pobre ( em relação ao sistema tributário brasileiro, já que tributa demais os insumos).

Sobre os tributos da Estônia:

A alíquota sobre empresas na Estônia, gira em torno de 20%, sendo que na Estônia existe apenas um imposto sobre dividendos. Ou seja, se o lucro for sempre reinvestido no processo produtivo, para gerar mais empregos e aumentar a produtividade, a empresa NÃO será tributada.  

A Estônia conta com apenas um único tributo de 20% sobre o produto, que incide apenas quando o produto será vendido ao consumidor ( de pessoa jurídica para física). 

O imposto sobre renda vai até 20%, e um detalhe, não é necessário declarar a renda. 

E as contribuições à seguridade social giram em torno de 38%. 

Esse é simplesmente o MELHOR sistema tributário do mundo. 

Alguns links sobre a Estônia: 

https://www.jornalcontabil.com.br/estonia-o-pais-da-contabilidade-do-futuro/

https://ideiasradicais.com.br/estonia/

https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2892#:~:text=Finalmente%2C%20seu%20eficiente%20e%20atrativo%20sistema%20tribut%C3%A1rio%20%28al%C3%ADquota,impulsionando%20o%20investimento%20estrangeiro%20e%20o%20crescimento%20econ%C3%B4mico. 

https://www.contabeis.com.br/artigos/6315/estonia-o-pais-da-contabilidade-do-futuro-no-presente/



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso