Por este instrumento particular, de um lado como LOCADORA a empresa, Locação de Máquinas


Talvez isto possa te interessar:

 

 

 

Locação de Maquinário – Pessoa Jurídica

PARTES

(Nome da Empresa) S.A., com sede em (...) (endereço completo), inscrita no CNPJ sob o nº (...), autorizada pelo Conselho Monetário Nacional, devidamente representada neste ato por (...) (qualificá-lo), que a este subscreve; neste ato denominada LOCADORA.

De outro lado, denominada LOCATÁRIA, (Nome da Empresa) Ltda, com sede em (...) (endereço completo), inscrita no CNPJ sob o nº (...), com I.E. nº (...), devidamente representada neste ato por (...) (qualificá-lo), que a este subscreve.

Têm entre os mesmos, de maneira justa e acordada, o presente CONTRATO DE LOCAÇÃO DE MAQUINÁRIO – PESSOAS JURÍDICAS, ficando desde já aceito, pelas cláusulas abaixo descritas.

CLÁUSULA 1 – OBJETO DO CONTRATO

O presente tem como OBJETO, os bens móveis de propriedade da LOCADORA, constituídos de (...) máquinas (descrevê-las), livres de vícios ou outros problemas que possam impossibilitar o funcionamento normal.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: Os bens móveis entregues na Data da assinatura deste contrato, pela LOCADORA à LOCATÁRIA, os quais aceitam expressamente, possuem as características contidas no auto de vistoria anexo, elaborado por mecânicos competentes.

PARÁGRAFO SEGUNDO: Faz parte do presente contrato também a Nota Fiscal e o Manual de Utilização das referidas máquinas.

CLÁUSULA 2 – PRAZO

O presente arrendamento terá o lapso temporal de validade de (...) meses, a iniciar-se na Data da assinatura do presente e findar-se no dia (...), do mês (...) no ano de (...), Data a qual o maquinário deverá ser devolvido nas condições previstas no auto de vistoria, efetivando-se com a devolução dos mesmos, independentemente de aviso ou qualquer outra medida judicial ou extrajudicial.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: O maquinário descrito no presente instrumento e constante no auto de vistoria anexo deverá ser devolvido nas condições as quais foram entregues na assinatura deste contrato, salvo o desgaste natural das referidas máquinas.

PARÁGRAFO SEGUNDO: Caberá à parte que tem interesse em dar continuidade ao presente arrendamento, notificar a outra no prazo de 30 (trinta) dias anteriores ao prazo término, para que se manifeste a respeito. Havendo concordância, prevalecerão todas as cláusulas deste contrato, salvo se as partes desejarem retificá-las.

CLÁUSULA 3 – VALOR

Como valor deste arrendamento, a LOCATÁRIA se obrigará a pagar o preço de R$ (...) (Valor Expresso), a ser efetuado diretamente à LOCADORA. Na sua ausência fica desde já nomeado procurador para tal fim.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: O valor do aluguel será reajustado anualmente, tendo como base, os índices previstos e acumulados no período anual do (IGPM e IGP e IPC etc). Em caso de falta deste índice, o reajustamento do aluguel terá por base a média da variação dos índices inflacionários do ano corrente ao da execução do aluguel, até o primeiro dia anterior ao pagamento de todos os valores devidos.

PARÁGRAFO SEGUNDO: O pagamento será efetuado mensalmente, até o quinto dia útil de cada mês, iniciando-se a partir da assinatura do presente.

PARÁGRAFO TERCEIRO: Todos os pagamentos efetuados entre as contratantes serão precedidos de recibo, o qual deverá mencionar pormenorizadamente todos os valores.

CLÁUSULA 8 – ATRASO

Caso haja atraso no pagamento dos aluguéis, a LOCATÁRIA dá o direito da LOCADORA realizar a cobrança por todos os meios permitidos em Direito. Somando-se juros convencionados em (...) % (por extenso), correção monetária e outros encargos.

CLÁUSULA 5 – INSTALAÇÃO

A instalação do maquinário ficará por conta dos técnicos contratados da LOCADORA. Já as especificações do local ficarão a cargo da LOCATÁRIA, sendo que a mesma se compromete a destinar local ventilado e com estrutura compatível para utilização perfeita do maquinário.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: Resta desde já vedado à LOCATÁRIA modificar ou alterar o local o qual as máquinas foram instaladas. Caso se faça necessária tal mudança, a mesma deverá notificar previamente a LOCADORA para que técnicos especializados realizem a referida mudança.

PARÁGRAFO SEGUNDO: Os técnicos se comprometem a instalar as máquinas e a colocarem em perfeito funcionamento, bem como prestar curso explicativo sobre funcionamento e utilização das mesmas, os quais serão vinculados à LOCADORA.

PARÁGRAFO TERCEIRO: Todas as visitas, bem como a entrega, montagem e colocação das máquinas em funcionamento serão seguidas de notas-recibos especificando a Data, os tipos e quais os serviços foram prestados, fazendo-se sempre a prova destes à LOCADORA.

PARÁGRAFO QUARTO: As visitas, os reparos, as instalações, etc, serão contabilizados pela empresa que cede os profissionais-técnicos e pagos pela LOCATÁRIA.

CLÁUSULA 6 – FISCALIZAÇÃO

Caberá a LOCADORA fiscalizar todo o maquinário arrendado, bem como verificar seu devido funcionamento e a disposição dos mesmos no espaço físico, evitando-se com isso prejuízos e deteriorações indevidas. Tais visitas ocorrerão a qualquer dia e horário, desde que combinados previamente entre as partes.

CLÁUSULA 7 – DEVERES DA LOCATÁRIA

A LOCATÁRIA se compromete a comunicar imediatamente todas e quaisquer formas de ameaça realizadas por terceiros contra o maquinário ora arrendado, bem como:

a) confiar à LOCADORA o direito de fiscalização do maquinário arrendado;

b) defender a posse e a propriedade das referidas máquinas;

c) manter sempre um mínimo de três funcionários treinados pela LOCADORA, para realização da execução dos serviços específicos do maquinário;

d) realizar o pagamento de quaisquer defeitos ou danos causados ao maquinário, bem como qualquer uma das máquinas pertencentes a este conjunto.

DISPOSIÇÕES FINAIS

O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo, as quais elegem o foro da cidade de (...), onde se situam os bens, para dirimirem quaisquer dúvidas provenientes da execução e cumprimento do mesmo.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: Fazem parte do presente instrumento, os documentos que descrevem o maquinário, bem como as Notas Fiscais e os Manuais de Utilização.

PARÁGRAFO SEGUNDO: O maquinário arrendado neste ato, não poderá ser objeto de cessão, sublocação, ou qualquer outra forma de transferência.

PARÁGRAFO TERCEIRO: Ao fim do contrato, a LOCATÁRIA exercerá sua opção de compra do maquinário ora arrendado, caso não haja o manifesto interesse em manter o presente nos termos do PARÁGRAFO SEGUNDO da CLÁUSULA 2. Contudo, seguirá as determinações as quais a LOCADORA realizar, concernentes ao pagamento do valor residual e outros procedimentos.

PARÁGRAFO QUARTO: As partes se eximem de responsabilidade sobre o maquinário, somente na ocorrência de caso fortuito ou força maior, ou enquanto os reflexos dos mesmos perdurem.

E, por estarem justas e convencionadas as partes e fiadores assinam o presente CONTRATO DE LOCAÇÃO DE MAQUINÁRIO, juntamente com 2 (duas) testemunhas.

Local, Data e ano.

LOCADORA

LOCATÁRIA

Testemunha 1

Testemunha 2

(Recomendável o reconhecimento de firma de todos)

 



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso