Fiz um acordo com o cartão de crédito depois que ele levou o caso pra a justiça. Não consegui pagar as parcelas da dívida, o catão me mandou uma carta dizendo que um oficial de justiça irá resgatar meus bens para penhorá-los. Minha casa está em inventário, ela pode ser penhorada? E os eletrodomésticos que não estão em meu nome podem ser penhorados? Moro com minha irmã e a maioria dos eletrodomésticos que estão em minha casa são dela, o que poderá ser feito? Quero pagar mas não estou vendo como. Obrigada.

Respostas

5

  • 0
    C

    Cassen Lorensi Quinta, 11 de dezembro de 2008, 22h21min

    Calma!
    Bem de Familia é o nome do que pode te ajudar, nao há como penhorar a casa e eletrodomesticos (sendo únicos na casa e desde que nao afetem a sua dignidade)

    Logo, ligue pra eles e diga isso e para pararem de lhe ameacar, inclusive mencione que tu quer pagar mas nao o montante vil que eles acham que tu deve

  • 0
    L

    luciete oliveira dos santos Quinta, 11 de dezembro de 2008, 22h52min

    Obrigada. Mas eu fique, mais reciosa agora que li o código de processo civil brasileiro no art 652 §1° e §4°. Eles já entraram com o processo no Judiciário. E agora lembrei que fiz a Previdência Privada. Comecei a poupar a pouco tempo, mas com certeza, eles vão ter acesso a essa informação e vão poder resgatar esse valor que não chegará a metade do valor total da dívida e aí eles vão resgatar meus móveis e eletrodomésticos velhinhos mesmo.

  • 0
    C

    Cassen Lorensi Quinta, 11 de dezembro de 2008, 23h16min

    Nao te preocupa, ninguem vai mete a mao nisso

    muito menos com relacao a previdencia privada pois tem caráter alimentar, nisso sim nem perto eles chegam.

    Porém, eu te aconselho a por um advogado no caso, um que saiba lidar bem com a nova Execuçao.

  • 0
    L

    luciete oliveira dos santos Quinta, 11 de dezembro de 2008, 23h21min

    Muito obrigada. Eu li agora sobre Bem de Familia e fiquei menos procupada. Eu até falei com meu advogado e ele disse que não tive sorte por eles terem entrado com ação no Judiciário. Mas em nenhum momento, ele me falou sobre essa lei do Bem de Familia. Você foi super importante neste momento. Te agradeço.

  • 0
    C

    Cassen Lorensi Quinta, 11 de dezembro de 2008, 23h25min

    eu sei que é sempre muito complicado lidar com o direito dos outros, tentamos sempre fazer o melhor (digo por mim), mas eu te aconselho a mudar de Advogado, pois pelo visto o Dr. nao está preparado pra enfrentar esse tipo de questao delicada.

    o que eu te disse é o que consta na Lei e na Jurisprudencia (casos anteriores) que já li.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região