DANOS MORAIS - Transtornos pelo defeito do produto

Oi pessoal, Peço uma ajudinha de vcs, segue o fato:

Comprei um notebook e, no mês seguinte, ele apresentou defeitos e, durante 1 ano, já foi para assistência técnica 4 vezes, onde se encontra até hoje. O notebook foi adquirido para a realização de trabalhos profissionais, bem como para o uso durante o período de realização do mestrado em Ciência da Computação, ou seja, o notebook é a minha principal ferramenta de trabalho, sem a qual fico completamente prejudicada nos estudos e nos meus negócios profissionais.

Estas idas e vindas do notebook para a assistência causaram vários aborrecimentos, principalmente pela demora do serviço, já chegando a passar quase 2 meses em uma destas vezes. Como resultado, a garantia do produto expirou e com tantos problemas, eu pouco pude usufruí-lo. Quero ressaltar o enorme prejuízo que tive nos meus estudos e negócios devido aos problemas e à demora da assistência, tive até que comprar um outro notebook para não continuar com os prejuízos.

Eu entrei com uma ação de pequenas causas na justiça pedindo o valor do notebook corrigido + danos morais. A loja onde comprei o produto me ofereceu o dinheiro de volta, mas também quero os danos morais. Gostaria de saber quanto, mais ou menos, eu ganharia na justiça com os danos morais? Sabendo esse valor eu poderia entrar em acordo com a loja pedindo o valor do produto de volta + R$ X de danos morais, e então, excluir o processo na justiça. O que é melhor a ser feito? Acordo com a loja ou continuar com o processo?

Agraço qualqur ajuda =)

Respostas

14

  • JB

    Se ganhar, a média é de R$ 3.000,00 à R$ 5.000,00, depende muito.

    No entanto, caso tenha pedido Perdas e Danos, em virtude de utilizar o notebook para trabalho, a situação é totalmente outra.

  • Andreza_1

    Olá,
    Obrigada por responder.

    No processo que eu abri tem informando que a "Classe Processual" é "Restituição" e o "Valor da Causa" é de R$ 2.800,00 (valor do produto). No entando, além da restituição, eu quero os danos morais, que foi todo o prejuízo que tive nos estudos por causa disso.

    Será que a atendente do forum cadastrou o processo de forma errada e eu só receberei a restituição?

    Eu anexei uma declaração do mestrado para comprovar que tive prejuízos nos estudos, mas não tenho como comprovar prejuízos financeiros, por exemplo, de projetos que deixei de fazer porque tava sem notebook. Neste caso, eu poderia ganhar um bom dinheiro de danos morais? Além da restituição corrigida do produto.

    Muito obrigada.

  • Oliva Rj

    Se o valor da causa está só como o valor do produto, parece-me que não foi incluido o quantum para possível ponderação sobre o dano moral.

  • JB

    A souzamattos | são gonçalo/RJ

    A Andreza_1 | Joao Pessoa/PB


    Correto o que souzamattos disse. Caso seja incluído, via sentença, valor correspondente a danos morais e o valor ultrapasse R$ 2.800,00, tal inclusão é nula, pois haverá julgamento "ultra petita".

    Entretanto, veja uma possibilidade. Pode-se entrar com uma nova ação requerendo tão somente Danos Morais, em decorrência dos danos sofridos.
    Isto pode ocorrer caso a causa de pedir não seja a mesma, assim sendo, haverá continência entre ações, sendo que esta ação será julgada juntamente à outra e pelo mesmo juiz.

  • Vera

    Boa Tarde!
    Preciso muito de sua ajuda. Comprei um moto hunter e fui fazer a vistoria dos 3.000 km, deixei a moto sem problemas com tudo funcionando para a vistoria e quando fui pegar o rapaz me informou que o cabo do velocimetro estava quebrado devido ao desgaste, só que eu deixei a moto com o velocimetro funcionando e agora eles querem que eu pague 70,00 para consertar o velocimetro o que eu devo fazer afinal é minha palavra contra a dele, me ajudem porque eu tenho certeza que estava tudo bem com a moto.
    obrigada. aguardo resposta sua.

    Vera

  • Andreza_1

    Olá,

    Quer dizer que esta ação que eu entrei não está suscetível a danos morais? Ela vale apenas para eu receber os R$ 2.800? Então foi erro da atendente na hora de cadastrar a ação, pois eu pedi restituição + danos morais.

    O que vocês acham que é melhor eu fazer? Continuar na justiça ou fazer acordo com a loja? E quanto eu peço para a loja me dar de danos morais, além da restituição do valor?

    Muito obrigada =)

  • JB

    A Andreza_1 | Joao Pessoa/PB

    Faça logo o acordo com a loja e desista do processo.

    Quais danos você sofreu com seus estudos?

  • Andreza_1

    Eu me atrasei bastante no meu mestrado, sem o notebook nao tinha como fazer as minhas atividades, tive os aborrecimentos por causa da demora de entrega do produto quanto ia para assitência, tive até que comprar outro notebook semana passada para nao continuar sendo prejudicada.

    Quanto devo pedir à loja para entrar num acordo? O valor do produto, 2.800, mais quanto de danos morais?

    []'s

  • Paula

    Bom dia!

    Estou com uma dúvida. apareceu essa semana o seguinte caso no meu escritório. O Irmão A presenteou o irmão B com um fogão, presente este referente ao casamento de B. Tal fogão foi comprado por A através do site e-facil. Entretanto tal produto chegou amaçado, sem condições nunhuma de uso, ele está torto. Minha dúvida é a seguinte:

    "A" mora em curitiba e "B" no interior do paraná. Em qual a comarca competente para ajuizar tal ação indenizatória? pois quem efetuou a compra foi "A", mas a nota fiscal está no nome de "B"?