Respostas

15

  • Bruno Lemos Guerra

    Prezado Mauro Marcelo,

    Não, o plano não pode ser bloqueado por 16 dias de atraso. Para que isso ocorra, tem que existir um atraso de 60 dias (pelo menos) e a suspensão tem que ser comunicada ao consumidor com pelo menos 10 dias de antecedência, para que este possa tomar as providências para reativação do plano.

    Mas esse prazo de 60 dias não precisa ser consecutivo. Ele é considerado em um período de 12 meses, de forma que, se um consumidor atrasou 10 dias por mês durante seis meses, ele terá 60 dias de atraso para efeitos de suspensão ou cancelamento do plano.

    Caso o seu caso não seja esse último, deve procurar a operadora e pedir a reativação imediata do plano (de preferência por escrito, através de uma notificação). Se eles não fizerem assim, deve procurar um advogado para auxiliá-lo a tomar as medidas cabíveis, inclusive com reparação dos danos morais que podem ter ocorrido.

    Um abraço,

    Bruno Lemos
    bruno@lemosguerra.com.br

  • Geraldo Jr

    Olá! Meu plano de saúde debita todo mês em minha conta bancária o valor da mensalidade, ou seja, é um débito automático. Acontece que um mês não havia saldo suficiente em minha conta e meu plano cortou meu benefício. Já não o uso há algum tempo devido a esta inadimplência e eles continuam debitando em minha conta bancária o valor correspondente à mensalidade. Pedi meu cancelamento do contrato e eles afirmaram que não iriam cancelar enquanto eu não quitasse aquela parcela. Estou proibido de usar meu palno de saúde, no entanto continuam debitando em minha conta. Quero o ressarcimento de tudo o que já paguei indevidamente. Como devo proceder? Obrigado!

  • Bruno Lemos Guerra

    Prezado Geraldo Jr,

    Você realmente deve pagar a mensalidade que está em atraso, mas isso não pode servir como justificativa para evitar o cancelamento do plano.

    Acredito que você deva procurar o Procon ou Juizado Especial de sua cidade para ajudá-lo a solucionar seu problema.

    Um abraço,

    Bruno Lemos
    bruno@lemosguerra.com.br

  • Silmara Fortunato

    Boa noite!
    Possuo um plano de saúde desde 2004, ou melhor, possuía pois hoje ao ligar para a central de atendimento do plano de saúde fiquei sabendo que meu contrato está cancelado.
    Pois bem, a atendente indagou que paguei uma mensalidade com 59 dias de atraso, e que devo uma menalidade, a do mês de junho/2010, e que em 18/06/2010 a empresa encaminhou uma carta informando que se não quitasse a dívida em 10 dias o contrato estava cancelado.
    Atrasei sim alguns boletos, porém apenas um está em atraso o do mês de junho que pensei que estava pago e estava em outra data para pagto, portanto um erro meu.
    A mensalidade com atraso de 59 dias, maio/2010, fora paga.
    A mensalidade de julho/2010 foi paga religiosamente na data de seu vencimento, 15/07.
    Por se agosto o mês de reavaliação de aniversário e correção anual, esperei até a data de hoje, 23/08/2010 para saber o pq não recebi o boleto para pagot.
    Primeiro, não sabia que o atraso de pagamento cancelava contrato (fui leiga nisso), segundo não recebi a carta e creio que deveriam ter enviado pelo menos uma carta com Aviso de Recebimento para saber se relamente fui avisada sobre o cancelamento, terceiro sou cliente há 06 anos da operadora de saúde e apenas nos últimos meses tive problemas financeiros, porém não deixei de pagar.
    Agora a atendente me disse em alto e bom som que seu "eu quiser" que faça outro plano de saúde pois aquele está cancelado, ou então que eu entre com uma liminar.
    O que fazer???
    Obrigada.

  • Bruno Lemos Guerra

    Prezada Silmara Fortunato,

    Como eu disse em um dos posts anteriores, o prazo para cancelamento por atraso no pagamento é de 60 dias, contabilizados no período de 12 meses. Em razão disso, parece que realmente você ultrapassou este prazo.

    No entanto, é preciso que o plano envie ao segurado um comunicado informando que irá cancelar o plano caso não seja feito o pagamento. Este comunicado deve ser enviado com, pelo menos, 10 dias de antecedência.

    Assim, se não te enviaram este comunicado, entendo que não poderiam cancelar o plano.

    Mas estas são apenas primeiras impressões tiradas apenas da sua narrativa. Para solucionar seu caso, acredito que deva procurar um advogado de sua confiança e mostrar a ele os documentos para que possa analisar melhor.

    Qualquer dúvida, estou à disposição.

    Um abraço,

    Bruno Lemos
    bruno@lemosguerra.com.br

  • Bruno Lemos Guerra

    Prezada Silmara Fortunato,

    Como eu disse em um dos posts anteriores, o prazo para cancelamento por atraso no pagamento é de 60 dias, contabilizados no período de 12 meses. Em razão disso, parece que realmente você ultrapassou este prazo.

    No entanto, é preciso que o plano envie ao segurado um comunicado informando que irá cancelar o plano caso não seja feito o pagamento. Este comunicado deve ser enviado com, pelo menos, 10 dias de antecedência.

    Assim, se não te enviaram este comunicado, entendo que não poderiam cancelar o plano.

    Mas estas são apenas primeiras impressões tiradas apenas da sua narrativa. Para solucionar seu caso, acredito que deva procurar um advogado de sua confiança e mostrar a ele os documentos para que possa analisar melhor.

    Qualquer dúvida, estou à disposição.

    Um abraço,

    Bruno Lemos
    bruno@lemosguerra.com.br

  • Silmara Fortunato

    Bruno Lemos.

    Enviei um email a operadora de saúde alegando que estava disposta a arcar com as despesas do atraso e que não me negava em pagar, gostaria de ter uma nova oportunidade de saldar a dívida.
    E deixei bem claro que a operadora de saúde não havia enviado a carta de cancelamento, pois não havia comprovante (assinado por mim) desse recebimento, desta forma me prejudicando.
    Enfim, a operadora de saúde, EM CARÁTER EXCEPCIONAL (depois é lógico, do meu email alegando ainda que os clientes são números) autorizou o pagamento das mensalidades atrasadas e tb reativando meu plano de saúde.

    Mais uma vez, obrigada por suas informações.

  • Bruno Lemos Guerra

    Que ótima notícia Silmara! Fico feliz em ter ajudado.

    Isso é mais uma prova de que a informação é uma potente aliada do consumidor.

    Um abraço,

    Bruno Lemos
    bruno@lemosguerra.com.br
    www.lemosguerra.com.br