Como que é feita a perícia na justiça federal ?

Eu entrei com uma ação na justiça contra o inss, eu estava no auxilio doença desde julho de 2008 em agosto de 2009 eu fiz uma pericia e o inss meu teu alta, estou com laberentite, o meu médico particular e o médico da empresa não me liberam para eu trabalhar, ( não tenho condição para voltar a trabalhar ) a perícia foi marcada para final de agosto. Gostaria de saber ? a) Como que é feita a perícia ? b) O que eu devo levar para comprovar a minha incapacidade ? c) O perito da o resultado na hora ? d) Caso o perito indefere o meu pedido como que fica a minha situação na empresa que eu trabalho já que o meu médico e o médico da empresa não me liberam para eu trabalhar nem mesmo em função compativel ? Muito obrigado pela atenção

Respostas

25

  • AndrezaCF

    AndrezaCF

    Você deve levar todos os documentos que demonstrem o seu estado de saúde: atestados médicos, laudos, resultados de exames, etc. A perícia é feita basicamente a partir dessas informações (histórico clínico do paciente, evolução da patologia).O perito não fornece o resultado ao solicitante. A conclusão é emitida no laudo pericial que o médico perito envia ao juiz. O seu advogado terá acesso a esse laudo posteriormente. Converse com seu advogado, ele vai te orientar nesse sentido. Boa sorte na perícia!

  • sonik

    sonik

    você deve levar todos os seus laudos anteriores,carteira de trabalho,RG e mais todos os documentos necessario que você levar num pericia normal.ah e o seu advogado que deve mandar os requisitos para o perito responde para o juiz,boa sorte na sua pericia.

  • antonio cezar pereira de andrade

    antonio cezar pereira de andrade

    Dr. Adreza meu irmão esta no auxílio doença pois o advogado pediu acredito eu antecipaçãp de tutela e ele vem recebendo normalmente desde então; o processo seguiu em frente e agora foi solicitado ao INSS estes tais quesitos para serem respondidos pelo perito, e foi intimado o prefeito da cidade onde tramita o processo para que ele indique um médico para fazer a pericia e minha dúvida é a seguinte: Considerando que após tal pericia meu irmão tenha um laudo favorável para aposentadoria por invalidez; o INSS poderá recorrer? Se o INSS recorrer o efeito da tutela continua e meu irmão continuaria a receber normalmente?

  • AndrezaCF

    AndrezaCF

    Antônio Cezar,
    Os Quesitos são uma bateria de perguntas formuladas pelos advogados das partes envolvidas (requerente e INSS) para o médico perito responder a respeito do estado de saúde do periciado. Isso é protocolado nos autos do processo para que o perito tenha acesso e responda. O juiz tbm pode formular quesitos. O resultado da perícia é encaminhado ao juiz e tbm fica anexado aos autos. Após, o juiz irá sentenciar se o pedido pleiteado é procedente ou improcedente. A partir da sentença, abre-se prazo para recorrer. Tanto seu irmão quanto o INSS poderá recorrer, vai depender do que o juiz decidir. Espero ter ajudado. Boa sorte ao seu irmão!

  • antonio cezar pereira de andrade

    antonio cezar pereira de andrade

    Se a sentença for procedente e o INSS recorrer meu irmão irá continuar recebendo ou deve ser feito um novo pedido de tutela? desde ja agradeço.

  • AndrezaCF

    AndrezaCF

    Quando seu irmão ganhar (sentença procedente) e o INSS recorrer, ele poderá pedir, no próprio recurso, a suspensão da tutela antecipada. Aí vai depender da justiça. Se o juiz acatar esse pedido, seu irmão para de receber até que haja sentença da 2a instância. Sendo ela tbm procedente (assim como a da 1a instância), ele voltará a receber e terá direito aos meses que ficou sem o benefício, devidamente corrigidos.

  • simplesmente  eu 1

    simplesmente eu 1

    Paulo2010 vou te contar como é feita uma pericia judicial em SC
    Primeiro vc chega na Tribunal de Justiça Federal com todos seus exames e atestados , ai vem um medico q se diz nomeado pelo Juiz te manda entrar e sentar, e depois entra o medico do INSS e fala de cara , manda pra reabilitaçao profissional esta ai esta a 12 anos em, auxilio caso de reabilitaçao ( SEM se quer olhar uma exame) continuando falando para perita nomeado pelo JUIZ mais como ela esta muito tempo em auxilio vamos ter q dar um jeito para o JUIZ colocar ela o quanto antes , pois tem potencial para voltar ao trabalho... mandaram sair da sala e esta feito a pericia JUDICIAL e vc ja sai sabendo q foi negado seu pedido de aposentadoria , nem precisa espera para decisao do juiz ja te falam na cara , sem se quer olhar exames e atestado OBS farei oitava cirurgis (tornozelo comprometido , inreverssivell) com sugestao de medico para amputar , mas mesmo a ssim fiz 30 dias de treinamano troca de funçao e nao deu certo , eu e minha muletinha iamos tudos os dias para a empresa por 30 dias depois empresa manda um oficil ao inss assinado por medica q analista q vc nunca viu e mandam vc espera em casa depois de 6 meses de espera , SUPRESA cesseram meu processo e meu benefico ou seja estou em casa sem salario e sem emprego é a vida isso é JUSTIÇA .

  • simplesmente  eu 1

    simplesmente eu 1

    Esqueci de dizer ja estou completando 14 anos de auxilio (mes q vem) e ainda vcs acreditam em Justiça , e eu em papai noel...

  • Paulo2010

    Paulo2010

    Bom dia Dr Andreza !!!!!!

    Gostaria de saber uma coisa, caso o perito da justiça federal indefere o meu pedido eu terei que voltar para trabalhar !!!!!! mas tem um problema já que o meu médico particular e o médico da empresa que eu trabalho não me liberam para trabalhar nem mesmo em função compativel. Como devo me proceder numa situação desta ?
    Muito obrigado pela atenção.

  • simplesmente  eu 1

    simplesmente eu 1

    Paulo2010
    Sei q sua pergunta nao é para mim mais vou te dizer , se isso acontecer com vc (é o que esta acontecendo comigo) senta nos pes da cama e reze pois vais ficar meses ate anos sem receber salario . reze para nao entrar em depressao , pois estou nesta luta a 14 anos a empresa me ignora, fala q isso é com INSS e o inss nao consede beneficio, sobre medicos que cuidam do nosso tratamento eles nao podem fazer mais nada a nao ser te dar CID e dizer q vc nao esta em condiçoes laborais, eu farei a oitava cirurgia , vc acha q alguem esta preocupado se vc tem dinheiro para seu tratamento ou comida?Na empresa vc nao pode esperar nada pois vao te mandar ver no INSS e assim vai ser .. vc fica igual a bola de ping pong, num vai e vem q so da pena . nada mais a declarar ...

  • simplesmente  eu 1

    simplesmente eu 1

    Paulo2010
    Sei q sua pergunta nao é para mim mais vou te dizer , se isso acontecer com vc (é o que esta acontecendo comigo) senta nos pes da cama e reze pois vais ficar meses ate anos sem receber salario . reze para nao entrar em depressao , pois estou nesta luta a 14 anos a empresa me ignora, fala q isso é com INSS e o inss nao consede beneficio, sobre medicos que cuidam do nosso tratamento eles nao podem fazer mais nada a nao ser te dar CID e dizer q vc nao esta em condiçoes laborais, eu farei a oitava cirurgia , vc acha q alguem esta preocupado se vc tem dinheiro para seu tratamento ou comida?Na empresa vc nao pode esperar nada pois vao te mandar ver no INSS e assim vai ser .. vc fica igual a bola de ping pong, num vai e vem q so da pena . nada mais a declarar ...

  • AndrezaCF

    AndrezaCF

    Paulo2010,
    Se ambos os médicos, tanto o particular quanto o médico do trabalho te dão atestados ou laudos relatando que sua patologia é incapacitante para a atividade profissional, então vc deve levá-los consigo à perícia judicial. Todos os atestados, laudos, resultados de exame e receitas de medicamentos comprovam seu estado de saúde e são de essencial importância para o médico perito, visto que não conhece seu histórico clínico. Ele vai se basear naquilo que for apresentado a ele em documentos e pessoalmente.

    O perito não vai se pronunciar deferindo ou indeferindo o pedido. Isso será feito pelo juiz. O que o médico perito fará é dizer se o periciado está acometido da patologia X e se está apto ou não a trabalhar. No parecer dele, ele dirá se está incapacitado para o desempenho da atividade profissional de forma parcial ou total, temporária ou permanente.

    Se for parcial ou total E temporária, vc receberá auxílio-doença sem aposentar-se.
    Se for parcial ou total E definitiva, vc aposentará por invalidez.

    Se ele não constatar incapacidade alguma, aguarde a sentença do juiz. Se ela for improcedente, recorra à 2a instância.

  • simplesmente  eu 1

    simplesmente eu 1

    Paulo2010

    Nao vai muito atraz desta informaçao da DRa , pois na real nao acontece isso nao , por lei deve ser como ela diz, eles deveria seguir os procedimentos como manda a lei mais isso nao acontece ,mais quando vc esta sozinho com eles , eles fazem o que bem desejar , sem se quer perguntar ou ler seus atestado , SOU PROVA viva do q estou escrevendo pois aconteceu comigo e pior , provar como ?q nem olharam meu atestados , pois o medico perita do INSS q estava la junto com o medico nomeado nem se quer olhou na minha cara quem dera no meu tornozelo, como provar q foram negligente no meu caso? E mais como provar q o perita do INss q estava presente foi quem fez a "tal pericia" pois o noemado nem se manifestou .. como provar para um juiz que a pericia nao foi feita pelo perita nomeadoL ele vai ler o que o nomeado escrever la no papel como vai saber como foi ao procedimento da pericia?minha pericia foi concluida conforme mandou o perita INSS? to te falando eu sai de la sabendo da decisao e pior se vc ver o deboche na cara do perita do INSS rindo falando ela é nova pode trabalhar .Isso é JUSTIÇA tudo q o JUIZ nao ve nao sabera a real situaçao q acontece numa sala de pericia e assim ele vai decidir e aceitar tudo q o nomeado escrever, sera aceito pelo JUIZ , e eu fui tao infeliz q os dos peritas no dia me pareciam muitos amigos , foi uma PALHAÇADA...

  • AndrezaCF

    AndrezaCF

    Ivone_1,
    As informações que estou passando são baseadas em diversos processos de Auxílio-Doença e Aposentadoria por Invalidez que acompanhei perante o Juizado Especial Federal de Campo Grande/MS. Inclusive tenho as sentenças proferidas pelo juiz demonstrando tais informações. Caso queira, posso enviá-las a você.

    Se vc compareceu a uma perícia designada pelo JUIZ com médico nomeado por ELE, então quem deve emitir o parecer é o médico perito nomeado! Não a perita da Previdência.

    Já foi emitido o resultado da sua perícia? O que consta do parecer médico? O que foi relatado sobre seu estado de saúde?

    Caso tenha sido constatada CAPACIDADE LABORATIVA, a qual vc afirma que não tem, então deve-se atacar esse laudo.
    Converse com seu advogado, converse com o assessor do juiz a respeito do procedimento da sua perícia. Reclame, corra atrás!

    Já vi vários casos ganhos na justiça, mas deixar que as injustiças ocorram sem se manifestar não vai ajudar. O benefício é seu. Não permita que façam com ele o que bem entenderem.