Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Carlla Santos
    28/02/2012 00:31

    Desde já agradeço a atenção em responder, estou precisando de ajuda.

    Meu irmão tem um imovel do qual morava com a esposa, porém numa briga conjugal há 3 anos a mesma veio a falecer pela fatalidade, bateu a cabeça no rack e perdeu muito sangue, meu irmão desde o inicio colaborou com a justiça e encontra-se preso seu julgamento acontece nesta quarta feira, eles tiveram um único filho que tem 21 anos e é deficiente físico e está com a família materna.

    O fato é que o imovel está vazio desde então, se acabando pelo tempo, a família materna do meu sobrinho é muito materialísta só pensam em dinheiro, mais isso eu falo em outro momento, a questão é que minha irmã está com dificuldades financeiras, mora de aluguel e o proprietário pediu a casa, ela tem tres filhos e o marido, meu irmão disse que ela pode morar na casa dele, aí vem a dúvida...

    Meu sobrinho apesar de ser maior de idade naõ tem vontade propria porque a tia comanda o dinheiro dele da pensão por morte, ele já ganhou muito dinheiro com o seguro e essa tia se tornou procuradora dele, mais existem alguns documentos dos quais ela declara que ele é capaz de gerir suas finanças.

    Pergunta:

    Se minha irmã morar na casa do meu irmão com autorizaçaõ dele por escrito sem nenhum custo, a procuradora do meu sobrinho pode impedir? Ou querer tira-la de lá?


    Digo isso porque eles querem dinheiro a todo custo dizem que meu sobrinho tem direito a 50% que seria a parte da mãe, como assim? O pai não deveria ter mais direito que o filho? Principalmente se o imovel foi comprado por ele? Ele não tem direito apenas na venda?


    Obrigada.
  2. Adv. Antonio Gomes
    28/02/2012 00:38

    50% do imóvel pertence ao filho, direito de herança recebido da genitora. Sem autorização, trata-se de invasão.
  3. Carlla Santos
    28/02/2012 00:43

    Obrigada Adv/Rj Antonio Gomes.

    A minha irmã tem a autorização escrita pelo meu irmão, e essa casa tentaram invadi-la duas vezes por marginais e agora infelizmente ela se encontra numa situação delicada financeiramente por isso meu irmão a autorizou morar e cuidar da casa até ele sair para resolver isso. Só com a autorização dele não é o suficiente?
  4. Adv. Antonio Gomes
    28/02/2012 00:58

    Não.
  5. Carlla Santos
    28/02/2012 01:10

    Obrigada.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS