Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Carla Re
    25/10/2012 16:53

    Tenho 3 irmãos e um pai viúvo de 80 anos. A filha mais velha deseja ter uma procuração de plenos poderes para movimentar contas, cancelar e ativar serviços. Caso os demais irmãos não concordem, isso ainda pode ser feito com o a aprovação do meu pai, apenas?
  2. Julianna Caroline
    25/10/2012 17:04

    Evidente.
    Seu pai dá os poderes pra quem ele quiser, até pra um estranho.
    Se ele está plenamente capaz e lúcido, nao precisa pedir nada pra demais filhos.
  3. Carla Re
    25/10/2012 17:08

    Como poderíamos constatar que ele não está lúcido.Através de laudo médico?Mas qualquer médico poderia fazer isso?
  4. Carla Re
    25/10/2012 17:21

    Se for constatado que não é lúcido, aí o idoso poderá ser interditado?Se for interditado como é feita a escolha do tutor pelo juiz, se todos os filhos são maiores de idade?
  5. Julianna Caroline
    25/10/2012 17:55

    Carla

    Lucidez qualquer médico pode constatar.
    Mas, sugiro um laudo psiquiatrico se vcs pretendem interditá-lo.
    O laudo deve ser claro no que diz respeito a incapacidade do idoso em gerir a própria vida.
    Aí poderá pedir a interdição, qualquer um dos filhos pode se habilitar a curador.
    O juiz manda fazer uma perícia com médico imparcial pra ter certeza.
    O curador se houver disputa entre os filhos, o juiz escolhe e pode até determinar um terceiro, estranho.
    Entrem em consenso....
    Se ele não está senil, nem acometido de doença incapacitante mentalmente, não o obriguem a passar por isso.
    Boa sorte**
  6. Carla Re
    31/10/2012 08:45

    Sou contra a interdição dele, Julianna Caroline.Quero preservá-lo ao máximo.Que medidas devo tomar para reunir provas, quando o pedido de interdição acontecer?Posso levá-lo ao psiquiatra e fazer exames?O que mais posso fazer além disso?
  7. Carla Re
    31/10/2012 08:48 | editado

    Pode-se solicitar impugnação em uma declaração de plenos poderes, assinada por um idoso são, alegando coação ou extorsão?Quero preservar meu pai desses abrutes.Pois falam de interdição na minha frente, mas negam o assunto na frente do meu pai.
  8. FJ-Brasil (Morreu)-Fim do Mundo
    31/10/2012 09:01

    Usuário suspenso

    Algum dos filhos moram com seu pai?
  9. Carla Re
    03/11/2012 05:31

    Mora sim.
  10. Insula Ylhensi
    04/11/2012 01:54

    Usuário suspenso

    Grave (e filme) a conversa onde os outros filhos falam em interditá-lo e apresente a ele.

    Se ele estiver lúcido (afinal, ter 80 anos não é prova de insanidade! meu pai tem mais que isso é super lúcido) pode ter agido apenas por ingenuidade ou até mesmo movido com ciência de seus atos e por confiar neste filho a quem fez procurador.

    Quem sabe, ele sabendo do que falam dele pelas costas, ele fique mais experto?

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS