Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Cynthia Farineli
    03/12/2007 04:53

    Meu esposo tem espondilite anquilosante, fibromielgia e agora está com Depressão, estava afastado com auxilio-doença desde 2004 e agora teve alta e depois de PP e PR entrou com recurso na junta de recursos da Previdência Social, gostaria de saber quanto tempo mais ou menos demora para o caso ser julgado, se a necessidade de entrar com o auxilio de um advogado e quais as reais chances de continuar com o benefício.
    Por favor me ajudem!!!
  2. julio cesar dos santos_1
    26/03/2009 20:38

    qunto demora um recurso da junta de recursos da prvidencia social

  3. 26/03/2009 22:44

    Quando entrei com recurso foram quase 2 anos...
    Depois da entrada quase um ano depois marcaram a pericia e depois quase um ano para o julgamento...
    E o pior!!!!NEGADO
  4. Macedão
    27/03/2009 08:57

    É um procedimento que em geral, demanda muito tempo.Mas depende também da região na qual o segurado deu entrada no pedido.Aqui na Bahia,por conta do grande número de recursos impetrados contra decisões do INSS, pode demorar uns dois anos para ser julgado.No entanto, sei de outras regiões em que este prazo cai para menos da metade do daqui.Seu marido já fez Junta médica? (foi examinado por dois médicos?), se já tiver feito, então você tem que ficar indo sempre no INSS ou consultar pelo site da previdência se já teve uma decisão.Você pode perguntar também no setor de orientações e informações do Instituto quanto tempo demora, em média, para que se julgue o recurso na sua região.Enfim, você pode fazer várias coisas, inclusive procurar orientação de um advogado e entrar na justiça, caso perceba que o recurso será muito demorado.

    Espero ter ajudado ,

    Abraços!!
  5. Orlei Araújo Padilha
    27/03/2009 19:40

    Cynthia Farineli,

    Seu esposo deve dirigir-se à APS mantenedora do benefício e requerer vistas do processo administrativo, bem como anexar novas provas.

    LEI Nº 9.784 - DE 29 DE JANEIRO DE 1999 - DOU DE 01/02/1999 - ALTERADO

    CAPÍTULO II -
    DOS DIREITOS DOS ADMINISTRADOS

    Art. 3º O administrado tem os seguintes direitos perante a Administração, sem prejuízo de outros que lhe sejam assegurados:

    I - ser tratado com respeito pelas autoridades e servidores, que deverão facilitar o exercício de seus direitos e o cumprimento de suas obrigações;

    II - ter ciência da tramitação dos processos administrativos em que tenha a condição de interessado, ter vista dos autos, obter cópias de documentos neles contidos e conhecer as decisões proferidas;

    III - formular alegações e apresentar documentos antes da decisão, os quais serão objeto de consideração pelo órgão competente;
  6. Vagner Luiz da Silva_1
    28/03/2009 13:32

    Prezados
    Júlio e Rô
    Os processos quando tramitam na Junta de Recursos, poderão demorar de meses até anos para resposta, e tambem quando retornar, se for favorável para o segurado, o INSS ainda poderá embargar da decisão, e ele poderá voltar novamente para a Junta apreciar a matéria.
    Aconselho a entrar na Justiça o quanto antes atraves de um advogado especialista na área de Direito Previdenciário. Existe um instrumento processual conhecido como antecipação de tutela, que é uma sentença provisória concedida pelo juiz, quando ele reconhece do direito do autor de pronto e preenchido alguns pressupostos , manda conceder ou restabelecer o benefício de imediato. Boa Sorte.
    Dr. Vagner L. Silva

    Em tempo:
    Na justiça, o juíz nomeia um perito que é totamente imparcial e não comprometido com o empregador. Diferente dos que encontramos no INSS.
  7. luciaferrany
    20/05/2010 16:52

    entrei com pedido de auxilio a doencia;
    a junta de recurso da previdencia social
    quanto tempo demora para ter uma resposta.
    tem algum telefone que possa entrar em contato
    para ver o andamento?
  8. _Diego_
    21/05/2010 16:53

    luciaferrany
    Você pode obter informações no telefone 135,
    porem um recurso na Junta, pode demorar de 1 a 1 ano e meio.
    para mais.
  9. Beatris Farias
    10/07/2010 15:40

    Boa tarde,

    O que acontece quando uma pessoa consegue receber o benefício por "antecipação por tutela", e o INSS negar o auxílio doença pelo recurso à Junta?
  10. Mola
    18/10/2012 13:43

    oi,entrei com recurso na Junta do Inss em abril,foi julgado procedente em agosto,porem em abril marquei nova perícia,que foi concedida e convertida para acidente de trabalho.Só que liguei para o 135 e me informaram que não receberei os provimentos,referentes a dezembro e abril,porque estou recebendo um benefício.Gostaria de saber se é verdade,que para receber aquele beneficio terei que abrir mão do acidente de trabalho,o INSS pode fazer isso,ou seja,me dever quatro meses.obrigado pela atenção.
  11. Giuliano T
    18/10/2012 20:43

    Depende.

    Que benefício está recebendo atualmente?

    Sobre qual benefício entrou recurso?
  12. Mola
    24/10/2012 13:59

    Agora estou recebendo auxilio por acidente de trabalho,entrei com recurso com benefício auxílio doença,que foi negado com PR.Porém,ninguém sabe dar nenhuma informação precisa quanto ao tempo que levará para o pagamento,nem INSS nem 135 da Previdência.Obrigado.
  13. Márcia Leri
    26/10/2013 13:10

    Queria saber sobre o recurso que recorri de pensão por morte, foi dado entrada no CRPS dia 18/07/2013, gostaria de saber se demora muito, se é melhor dar outra entrada no inss, enquanto não sai o recurso.
  14. Dulce Farias
    Este usuário conecta-se ao Fórum usando uma conta do Facebook. Veja como fazer isso.
    10/09/2014 09:39

    Queria seber o recurso que recorri de auxilio do doença ,foi dado entrada no CRPS dia 29/08/2014, gostaria de sabarse demora muito?

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS