Cancer de mama. Tenho direito a aposentadoria?

Tenho 38 anos e contribui por treze anos ao inss, e agora fui acometida por um cancer de mama, tendo que me submeter a mastectomia (retirada total da mama) e a linfadenectomia (esvaziamento axilar) as quais me deixaram com limitações no membro superior esquerdo, dor, rigidez e perda da força. Atualmente exercia a profissão de esteticista onde esforço com os braços fazem parte do exercício da função. Estou afastada desde o início do tratamento (quimioterapia,cirurgias e radioterapia) e o auxilio doença encerra agora no final de fevereiro, mas apesar do controle da doença (até o momento sem rescidivas) fiquei com sequelas do tratamento. Tenho direito a aposentadoria?

Respostas

27

  • cristina bagatella

    cristina bagatella

    Elaine voce só terá direito a aposentadoria por invalidez se voce não puder exercer nenhuma atividade, é assim que a pericia do inss analisa. E fique preparada se o seu beneficio vence agora em fevereiro pode vir uma alta. Os peritos estão dando alta geral.

  • Caetano  Andrade

    Caetano Andrade

    Elaine, tenho visão diferente da Cristina. Entendo que se você não tem como exercer a sua profissão, com certeza o INSS converterá seu auxílio doença em aposentadoria por invalidez. Caso isso não ocorra, lute pelo seu direito perante o Juizado Especial Federal. Caso assim não fosse, como sobreviver exercendo função de menor valor e remuneração?

  • cristina bagatella

    cristina bagatella

    Oi Caetano tudo bem? isso que escrevi para Elaine não é bem a minha visão, é a relidade no Inss, infelizmente tenho visto de perto, caso pior que o da Elaine, eles dão alta mesmo. Direito temos que tentar na justiça, é uma esperança!!!!

  • Elaine_1

    Elaine_1

    Cristina, obrigada pela atenção mas eu queria mesmo era saber dos meus direitos.

    Caetano, muito obrigada pelas suas palavras, se eu tenho direito vou lutar por ele.

  • Paulo Benevento

    Paulo Benevento

    Cara Elaine,

    Sou Diretor Jurídico da Rede Estadual de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo e Presidente da Comissão de Políticas Públicas para o Câncer da 39ª subseção da OAB/São Bernardo do Campo. Através da própria Rede Estadual ou da Rede feminina em São Catano do Sul, com o auxílio da OAB, teremos prazer em ajudá-la.

    www.redefeminina.org.br
    http//:rfccesp.forumeiros.com

  • Fernanda Nunes

    Fernanda Nunes

    Boa tarde, Paulo!

    Será que pode me ajudar numa dúvida? Tenho uma amiga que fez a mesma cirurgia da Elaine mastectomia (retirada total da mama) e a linfadenectomia (esvaziamento axilar) as quais a deixaram com limitações no membro superior esquerdo, dor, rigidez e perda da força, porém ela nunca contribui para a previdência é mãe solteira de uma meninode 15 anos, tentou antes da cirurgia o auxilio doenças ou LOAS (assistencial para pessoas de baixa renda) e não consegui.. será que agora que fez efetivamente a cirurgia ela tem direito??? Todo Cidadão brasileiro tem direito a aposentadoria (caso tenha contribuido) por invalidez?? onde posso me interar mas sobre o assunto..

  • Márcia_1

    Márcia_1

    Tenho 42 anos e contribui por quinze anos ao inss, e agora fui acometida por um cancer de mama, tendo que me submeter a mastectomia (retirada total da mama) e a linfadenectomia (esvaziamento axilar) as quais me deixaram com limitações no membro superior esquerdo, dor, rigidez e perda da força. Atualmente exercia a profissão de secretaria onde esforço com os braços fazem parte do exercício da função.
    Estou afastada desde o início do tratamento (quimioterapia,cirurgias e radioterapia) e o auxilio doença encerra agora no final de maio mas apesar do controle da doença (até o momento sem rescidivas) fiquei com sequelas do tratamento,há alguns anos atras tive LER no braço direito e ela voltou me imposibilitando de exercer qualquer atividade,pois onde trabalho uso muito o computador e as vezes carrego peso. Tenho direito a aposentadoria?

  • ROSA JOSE DE MELO VIANA

    ROSA JOSE DE MELO VIANA

    Minha irmã tem 50 anos e está com câncer de mama, já evoluido para metástase, tendo atingido o pulmão. Ela já contribuiu para a previdência, porém tem mais ou menos 19 anos que ela não contribui. Ela tem direito a aposentadoria?

  • jairo veloso de barros filho

    jairo veloso de barros filho

    agradeço a todos que poderem me ajudar no problema cita do sobre a pericia medica.abraços a todos e que Deus nos ajude!!!!

  • sandra f.s. alonso

    sandra f.s. alonso

    SOU DE GOIANIA, tenho uma amiga que foi acometida de cancer de mama e retirada, fez quimio e radioterapia ha dois anos, passou pela pericia do inss e nao conseguiu se aposentar. O que ela deve procurar para ter direito ao Loas, pois nunca contribuiu e nao consegue sequer fazer os serviços domesticos..ela é do lar. como ela deve proceder agora?????????Ela tem 53 anos

  • solange camargo da silva

    solange camargo da silva

    olá! tenho 39 anos e sou portadora de ca de mama estou em tratamento há um ano e estou recebo auxilio doença do inss. e não e fácil passar pelos peritos do inss. eles são muitos rigorosos. quero ve se consigo me aponsentar pois não posso mais trabalhar na minha area pois fiz esvaziamento axilar,além da retirada do quadrante de mama.elaine não desista de seus direitos corra atráz q vc consegue.eu já conseguir passe livre.agora eu luto para me aponsentar pois sei que e de direito nosso.

  • solange camargo da silva

    solange camargo da silva

    sandra, primeiro vc vai ter q procurar um advogado.para maiores informaçoés pois ele te dara todas informaçoes nescessarias. eu ja procurei um advogado e ele me garantiu q me aponsenta.depois se vc quizer eu te passo o nome e telefone dele para maiores esclarecimento.

  • Ana Laura

    Ana Laura

    Já entrei com um processo para aposentadoria, digo com certeza, é um caminho longo e estressante!!! Como não há outra alternativa, o negócio é se encher de coragem e paciência para esperar que um dia nossos direitos sejam dados. Tive Ca de mama e passei por muitas dificuldades financeiras quando foi cancelado o auxílio e também o salário, isso durante um ano. Fiquei vivendo de "brisa". Fui demitida da empresa e hoje estou em auxílio doença novamente.

  • VCMF

    VCMF

    Posso falar porque passei por isso. Com masectomia vc é simplesme considerada NÂO APTA para concursos publicos . Mesmo que vc levante o braço sem dificuldade, mesmo tirando todos os linfonodos, , mesmo que o trabalho ao qual será designada não vai ser de carregar peso, mesmo que vc esteja em plena forma e vigor, energia etc. SIMPLESMENTE não será aprovada mesmo que peça revisão 4 vezes , irá passar por piadinhas ridiculas, por diversos médicos que não são ONCOLOGISTAS, mesmo com carta de seu onco falando que vc está apta a trabalhar, simpleste será reprovada e eles fazem mesmo de preposito até vc cansar de lutar e desistir, porque o salário não compensa tanta humilhação e tantos transtornos e ir e voltar de sua casa ao posto inúmeras vezes (porque ouvi do médico que tem ou teve CA tem maior chance de morrer ou ter outro tipo de CA e isso acarretaria prejuizo a rede pública. Como se uma pessoa que não tivesse cancêr não pudesse ter ou morrer atravessando uma rua) . E aí pergunto se o INSS não te aposenta pois vc para eles pode muito bem trabalhar, só te darão aposentadoria se tiver METASTASE , não te dá mais auxilio doença, se vc não pode entrar na carreira pública , se vc não passa no exame admissional para a REDE PRIVADA . COMO VC SOBREVIVE? Se a doença não te matou o sistema te mata e aí faz o que se mata?

  • rosangela Jorge

    rosangela Jorge

    Olá
    Sou Rosangela Leite de São José dos Campos,e passei pelo mesmo problema, em Fevereiro do2009 fui operada fiz uma mastectomia e linfadenectomia, e fui agora no dia 01/04/2011 motivo de piada dentro do consultório do INSS, o médico chegou a brigar comigo por estar recorrendo ao auxilio doença, meu pedido foi indeferido e tenho certeza de que se eu recorrer novamente acontecerá o mesmo, mais não vou desistir, vou correr atras de todos os meus direitos,não tenho como trabalhar pois minha função era serigrafa, é um movimento repetitivo dos braços já tenho a muito temppo tendinite nos dois cotovelos por esse tipo de serviço, ai eu pergunto como vou trabalhar?E ainda somos obrigados a ouvir nossa presidenta Dilma dizer que quer que todas as mulheres vitimas de cancer sejam tratadas como ela foi, isso é uma piada né.

  • Marlane

    Marlane

    Olá, Boa noite!
    Preciso de uma orientação, por favor!
    Assim... meu amigo recebe uma pensão do Inss por ser orfão, sua mãe morreu quando tinha 11 anos e os patrões dela arrumaram pra que ele ficasse recebendo a aposentadoria. Agora ele já tem 21 anos completados este ano, mas, ele ficou sabendo que iria cortar esse ano e ele está querendo fazer faculdade agora, porém só o salário do trabalho dele não é suficiente. Gostaria de saber se tem alguma possibilidade dele ficar recebendo ainda até terminar a faculdade, ele é orfão de pai e mãe e os parentes também não tem condições nenhuma de ajudá-lo. Ele mora longe deles hoje, foi para uma cidade maior para ver se consegueria algo, divide apt com um amigo, tem gastos, etc...

    Por favor, se responder ficarei muito grata, gostaria muito de ajudá-lo, ele merece.

  • Maria Eunice Rodrigues

    Maria Eunice Rodrigues

    Olá. Há quase 2 anos, qdo estava distribuindo currículos para retorno ao mercado de trabalho, descobri um ca de mama. Fiz td o tratamento (quimio, mastectomia com esvaziamento axilar, radioterapia...). Sinto-me disposta e "desesperada" pra voltar a produzir. Tenho pós graduação em psicopedagogia, um bom currículo... mas ... tenho me deparado com cada situação. Fiz um conurso pela UNESP e fui desclassificada na redação (deram-me uma nota baixíssima, mt estranha...), recorri mas não deu... Fiz entrevista em uma multinacional de minha cidade, com ótimo desempenho, mas ... não fui aceita como deficiente pelo médico da empresa (eu tentava a vaga pela cota pra deficientes), não obstante o neurologista ter atestado minha deficiência e limitações. Enfim, tenho me deparado com essa desgastante situação e fico me perguntando: O que sou agora? Como procurar emprego? O que faço com minhas limitações pós-câncer? Alguém pode me ajudar? Abraço esperançoso a todos.

  • Joao Ribeiro

    Joao Ribeiro

    Maria, boa noite.

    E se fosse possível uma perícia judicial para tirar de vez esta dúvida. Será que a justiça não pode lhe ajudar neste sentido?
    Um médico diz uma coisa e outro diz outra. De repente uma pericia "definitiva" e oficial te ajude.
    No INSS aposto que dirão que vc pode fazer levantamento de peso e correr na São Silvestre.

  • Maria Eunice Rodrigues

    Maria Eunice Rodrigues

    Obrigada pela dica, João. Vou me informar tb sb isso. Ah!! Interessante sua obs sobre a perícia do INSS. É bem assim, mesmo!

  • InteressadoEmDireito

    InteressadoEmDireito

    Olá Maria Eunice!

    Vc tem carteira de motorista especial?

    Ou carterinhas de onibus com isenção tarifaria?

    Alguma coisa que descreva que vc é deficiente fisica?

    abraços