Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. Jaime Mathiola Júnior
    10/08/2008 01:39

    Face a necessidade das Delegacias de Polícia de obter escrvães para realizar os procedimentos legais.

    Gostaria de saber se os Escrivães "adhoc" cujos não sejam servidores efetivos e policiais, estes podem realizar todos os atos de o Escrivão oficial, como inquéritos, flagrante, TC's...

    Atenciosamente,

    Jaime Mathiola Júnior
  2. Nai
    23/03/2009 20:51

    O Escrivão de Polícia não é insubstituível a Lei afirma que qualquer um, até mesmo do povo, pode exercer a função desde que seja devidamente nomeado Escrivão AD-HOC (Código de Processo Penal - Art. 305. Na falta ou no impedimento do escrivão, qualquer pessoa designada pela autoridade lavrará o auto, depois de prestado o compromisso legal). Após a nomeação o Escrivão "ad hoc" passa a ter FÉ PÚBLICA e assim poderá elaborar certidões e autenticar peças e documentos pertinentes a função de Polícia Judiciária.
  3. joao carlos feitosa
    23/03/2009 21:04

    Concordo com o colega que disse que qualquer um pode exercer a função do escrivão adhoc, porém rressalto, que na maioria das vezes o titular da delegacia nomeia um policial que já tem um certo tempo de serviço e conhece um pouco de como é o serviço de escrivão,contudo o delegado titular nomeia esse policial par dar continuidade a INQUERITOS POLICIAIS, pois estes são de suma importancia, e exige uma responsabilidade enorme, tanto do delegado como do escrivão ad hoc.
    Quando um outro funcionario "admistrativo" de outro órgão ocupa este cargo, ele geralmente vai trabalar com TCO (termo circunstanciado de ocorrencia) e AAAINF (auto de apuração de atos infracionais) não menos importantes, vamos dizer que são menos complexos.
    Se o colega tiver interesse de ocupar o cargo de escrivão Ad hoc, pode ter certeza que é uma função muito gostosa de realizar.
  4. joao carlos feitosa
    23/03/2009 21:06

    Jaime se voce tiver alguma duvida sobre tal assunto eu posso te ajudar, no caso se voce exercer a função de escrivão em uma delegacia
  5. Luiz Carlos Couto
    15/04/2009 17:20

    Prezados Internautas

    Na momeação de Escrivão Ad hoc, deve-se observar dois artigos no CPP, ou seja o 305, para a lavratura de auto de prisão em flagrante ou de apreensão de adolescente, onde poderá ser qualquer pessoa, idônea ou não, contudo o art 808, que seria para trabalhar nos autos de lnquérito Policial, se exige que a pessoa seja idônea.

    Outra coisa, para cada Inquérito Policial ou Auto de Prisão em Flagrante Delito, elabora-se um termo, e os atos cartorários do Escrivão Ad hoc, só valerá para aquele feito.

    Lembrando que no Crime Militar, ou seja no CPPM, tanto na lavratura do Auto de Prisão em Flagrante Delito Militar ou no IPM, as pessoas tem que ser idôneas.

    É a minha colaboração.
  6. Valeriamo
    06/11/2013 10:22

    Fui nomeada escrivã ad hoc na Polícia Civil, mas sou funcionária comissionada pública municipal e quero saber se quando tem feriados, pontos facultativos e imendas de feriados eu tenho que seguir o calendário da polícia já que fui nomeada? ou não..pq sou funcionária registrada da prefeitura?? Por favor quem puder me ajudar, estou no aguardo, desde já obrigada
  7. ..ISS.
    06/11/2013 10:28

    Usuário suspenso

    A partir do momento que estiver exercendo a função para a qual designada vc deverá cumprir as escalas daquele órgão.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS