Mandamentos do advogado.

1º Mandamento

Estuda: O Direito se transforma constantemente. Se não seguires seus passos, serás cada dia um pouco menos advogado. 

Pensamento

Além de se atualizar no direito, aprenda que a cada dia para ser advogado, precisarás ser mais multidisciplinar. Tecnologia e gestão são essenciais para a vida do advogado.

Além disto, relacionamentos interpessoais e em grupos podem acompanhar o sucesso.

Conclusão

São 10 mandamentos, mas estudar é o primeiro. Para fazer a diferença, seja diferente. Estudar é o começo, mas o sucesso passa por mais 9 decisões e ações.

#Fiqueatento


2º Mandamento

Pensa. O direito se aprende estudando, mas exerce-se pensando.

Pensamento

Estudar, ter pós, mestrado ou doutorado. Importante, mas é apenas uma etapa.

Para o direito ser exercido, a ação ser ganha, o cliente poder chegar o mais próximo da justiça, não basta conhecimento jurídico. Tem que se pensar, exercitar o raciocínio lógico, estratégico.

Isto se aprende com a vida, com erros e acertos; Se aprende com amigos, clientes e com a maturidade, que somente a idade em conjunto com a vida pode trazer.

Conclusão

Não tenha medo de errar. Tenha medo de não pensar e agir conforme todos os outros agem.

Não tenha medo de decidir. Tenha medo da inércia.

Não tenha medo de fracassar. Tenha medo é de não levantar novamente.

Pense. É gratis. E mais, se traduz em experiência, vida e sucesso.


3º Mandamento

Trabalha. A advocacia é luta árdua posta ao serviço da Justiça.

Pensamento

Trabalhar, parece óbvio, mas não é quando falamos de advocacia.

Numa primeira análise estamos falando de peticionar, não é mesmo?

Se você acha que sim, cuidado. Trabalho na advocacia é relacionar-se com clientes. Peticionar é o passivo do escritório.

O trabalho de relacionamento e de conquista do atual e do novo cliente é essencial para a manutenção do negócio. Peticionar é uma parte do processo, mas não a única.

Aliás, a mudança do peticionar é que tem feito a advocacia pirar, diante do processo eletrônico.

Conclusão

Trabalhe, mas não pense que trabalhar significa unicamente peticionar ao judiciário.

Trabalhar significa estreitar laços com seus clientes e possíveis clientes, conhecer mais de gestão e tecnologia e estruturar o escritório com foco no planejamento estratégico, ou seja, significa ser um completo advogado.


4º Mandamento

Luta. Teu dever é lutar pelo direito; Mas no dia em que encontrares o Direito em confronto com a Justiça, lute pela Justiça.

Pensamento

O mandamento que me motivou a ingressar na advocacia, em detrimento a qualquer outra carreira que o direito permite.

Devemos ter muito claro o que queremos com nossa carreira jurídica. Queremos os louros da vitória? Vitória em quê? Sucesso é o que afinal?

E mais, o que vem a ser justiça no caso concreto?

A lei aplicada? Um acordo? Uma decisão judicial?

Justiça pode ser um objetivo e nunca uma conquista, infelizmente. E o que é justiça pra um, pode não ser ao outro, então, não podemos pensar que apenas um jeito de ver a situação é o correto.

Conclusão

Pense no que é justiça e no porque vale a pena estar atrás dela no caso concreto do seu cliente. O resto será estudo, estratégia e o sucesso está a caminho.


5º Mandamento

Sê Leal. Leal com teu cliente, a quem não deves abandonar enquanto não julgares indigno de ti. Leal com o adversário, ainda que ele seja desleal contigo. Leal com o juiz, que ignora os fatos e deve confiar no que tu dizes.

Pensamento

Como seria bom se todos – independente de profissão – fossem leais com seus pares, não é mesmo?

Este privilégio invertido de não ser leal não é exclusividade da advocacia, está em todos os membros do judiciário, e, em verdade, em algumas pessoas.

E, obviamente, não na maioria.

Devemos parar com esta falsa impressão que a mídia parece querer reforçar de forma impensada (espero) que os advogados são um problema.

A advocacia é indispensável a administração da justiça, ou seja, na maior lei do nosso país, no seu artigo 133, está dito claramente: Para se obter justiça neste país, os advogados são necessários.

E não se diga que é por isto que a injustiça acontece, pois não são os advogados que julgam e muito menos ainda são os advogados que fazem as leis (isto é responsabilidade de quem vota em criaturas que sequer sabem o que é uma lei e como é feita, sabe, aquela “pecinha” que fica na frente da urna eletrônica com um santinho que juntou do chão minutos antes de entrar no local de votação e depois vem dizer que tudo que está errado é culpa do judiciário ou de seus operadores).

Conclusão

Seja leal e tenha consciência do seu dever como profissional e administrador da justiça. Se queremos mudar a nossa imagem, cada um fazendo a sua parte será o início para um fim mais justo a todos.


6º Mandamento

Tolera. Tolera a verdade alheia na mesma medida em que queres que seja tolerada a tua.

Pensamento

Tolerância. Como anda em falta este ensinamento.

Pessoas agressivas, achando que a única verdade é a sua.

Aliás, qual a verdade verdadeira?

Depende, não é mesmo? Apesar de alguns ensinamentos serem universais, a verdade depende de vários fatores como estudo, compreensão, experiência, maturidade, vivência e por aí vai.

Basta analisar a própria vida: Você hoje pensa diferente de 5 ou 10 anos atrás, não é mesmo?

Conclusão

Tolere a opinião alheia. Principalmente no debate judicial. Aja com racionalidade e conte até 10 ou até 100 se for necessário antes de um acesso de raiva ou fúria.

A sua paz interior vale mais que um debate inútil.


7º Mandamento

Tem paciência. O tempo se vinga das coisas que se fazem sem a sua colaboração.

Pensamento

Nem o mundo foi feito em um dia. Você levou nove meses para nascer. A sua faculdade durou 5 anos ou mais.

Então, achar que você será um advogado de sucesso em 1 ano é absurdo, não é mesmo?

O sucesso profissional vem com o tempo, maturidade, experiência e igualmente com conhecimento, com erros, com insucesso.

Ninguém cresce sem sofrer e aprender com os próprios erros.

E, ter paciência é mais do que apenas uma virtude nos dias atuais: É sinônimo de bons acordos, boas decisões e bons processos.

Conclusão

Veja quem tem sucesso e olhe a sua trajetória. Paciência sempre fez parte daqueles que atingem seus objetivos. Só não pode descuidar dos prazos judiciais, pois estes não é uma questão de paciência, mas de cumprimento as regras!


8º Mandamento

Tem fé. Tem Fé no direito como melhor instrumento para a convivência humana; Na justificação, como destino normal do Direito; Na Paz, como substituto bondoso da Justiça; E, sobretudo, tem Fé na Liberdade, sem a qual não há Paz ou Direito.

Pensamento

Liberdade. Uma palavra com uma definição pra lá de complexa.

Na advocacia, para alguns, liberdade é ter o próprio escritório. Para outros, um meio de trabalho junto a clientes.

E na vida, o que é ser livre?

No mínimo exercer seu pensar de maneira independente, não acha?

Conclusão

Não se apegue ao passado ou a ideias que deram certo, apenas porque deram certo.

Tire suas conclusões, exerça suas verdade e faça suas escolhas, aguentando as conseqüências. Isto dará o sentido a sua liberdade, independente de ser sócio ou funcionário.


9º Mandamento

Esquece. A advocacia é uma luta de paixões. Se em cada batalha fores carregando tua alma de rancor, dia chegará em que a vida será impossível para ti. Terminado o combate, esquece tanto a vitória como a derrota.

Pensamento

Esqueça de quem disse isto ou aquilo, de quem magoou ou de quem ofendeu. A ofensa ou frase ou palavra pertence a quem disse e não pertence a quem recebe.

Não é fácil, mas na advocacia lidamos com situações de combate que se forem levadas ao pé da letra seriam sempre motivo de desavenças.

E ofender de volta em nada modifica o que foi feito, apenas causa mais supostos motivos para mais brigas e discussões.

Conclusão

O importante é colocar a cabeça no travesseiro com a tranquilidade de uma lide justa, com lealdade e verdade, pedindo perdão naquilo que foi exacerbado da razão pela emoção.


10º Mandamento

Ama a tua profissão. Trata de considerar a Advocacia de tal maneira que no dia em que teu filho te peça um conselho sobre o seu destino, consideres uma honra para ti propor-lhe que se faça Advogado!

Pensamento

Lendo o mandamento, a primeira regra é: Vamos parar com piadas de advogados?

Parece divertido, mas estamos – advogados – auxiliando a denegrir a imagem da advocacia.

Advogados que são acusados de cobrar valores exorbitantes e recebem de honorários da justiça duzentos reais para uma causa que trabalharam por mais de um ano.

Advogados que são acusados de serem sempre o problema do judiciário em recursos e ninguém vê a dita qualidade das sentenças que nem parece serem feitas por alguém que fez concurso público.

Advogados que são acusados de todas as mazelas das leis, mas quem realmente faz as leis – que é o legislativo (deputados, senadores, vereadores) – continua na TV dizendo que tudo está as mil maravilhas.

Conclusão

Vamos realmente amar e defender a profissão da advocacia?

#QuemTopaoDesafio?


* Mandamentos do advogado foram escritos por Eduardo J. Couture


Autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Livraria