O presente trabalho procura detalhar o procedimento de julgamento de crimes de responsabilidade à luz dos ditames do Estado Democrático de Direito e traça um paralelo com as diferentes acepções da palavra Democracia.

1. Introdução

 Muito se têm comentado a respeito do procedimento de Impeachment, ora de forma positiva, como um instrumento de soberania popular, ora negativa, comparando-o a um verdadeiro “golpe de Estado”. É um tema de grande repercussão social, que desperta paixões e também o interesse de um número cada vez maior de pessoas, que estão temerosas pelos novos rumos que o país irá tomar.

 


Autores


Informações sobre o texto

Lecionamos no ensino superior e temos interesse nas publicações.

Este texto foi publicado diretamente pelos autores. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Autorizo divulgar minha mensagem juntamente com meus dados de identificação.
A divulgação será por tempo indeterminado, mas eu poderei solicitar a remoção no futuro.
Concordo com a Política de Privacidade e a Política de Direitos e Responsabilidades do Jus.

Regras de uso