Quer saber como contratar o melhor advogado para a sua necessidade e não sabe por onde começar? Aprenda aqui tudo o que você precisa saber.

Já tratamos no artigo anterior sobre a dúvida que muitos empresários e pessoas físicas tem: “Será que eu realmente preciso de um advogado?” Se você ainda não leu, clique aqui e leia nosso artigo sobre a importância de um advogado em determinadas situações e quais as vantagens e desvantagens de atuar com e sem o profissional ao seu lado.

Passada esta etapa e tendo-se optado pela escolha de um advogado, a segunda dúvida que aparece é: Como escolher o melhor advogado para mim?

Certamente não é tarefa fácil escolher um advogado. Muitos fatores devem ser pensados para que, quando for necessário, você saiba como escolher o melhor advogado para o seu caso específico. Trataremos, à seguir, de alguns aspectos que o ajudarão nesta difícil tarefa.

Premissas básicas da escolha:

É importante mencionar que dificilmente será possível afirmar quem é o melhor advogado para todos os casos. A escolha do melhor advogado deve ser feita analisando o contexto específico e não o genérico, ou seja, a questão sempre será: Como escolher o melhor advogado para mim!

A escolha de um advogado para atuar em seu favor envolve diversos fatores. Muitas questões podem ser relevantes na escolha de qualquer profissional e não apenas do advogado. Porém, dentre as diversas variáveis existentes analisaremos as 3 principais que são: Segurança, Capacidade Técnica e Preço.

Segurança

É muito comum as pessoas (e empresas) lembrarem do advogado apenas nos momentos mais delicados como por exemplo: necessidade de processar ou se defender em um processo; consulta de dúvidas polêmicas; elaboração de documentos técnicos e etc.

Nestes momentos é comum que não exista muito tempo para escolher o profissional que o atenderá dada a necessidade imediata de resolver a questão. Ao mesmo tempo é necessário confiar no advogado. Diante disso, como podemos saber qual o melhor advogado para a minha necessidade?

Fatores que contribuem para a segurança do cliente são:

Transparência do advogado no atendimento do cliente

Um bom atendimento, no qual o advogado consiga explicar claramente ao cliente o que está acontecendo no seu caso, analisando exatamente o problema trazido pelo cliente e mostrando-se apto a escutar o atendido são fatores que ajudam a criar a confiança necessária.

Advogado x Escritório de Advocacia

Muitas vezes o cliente não escolherá um advogado, mas sim um escritório de advocacia o qual é integrado por vários advogados, com diversas especialidades e capazes de atender questões diversas daquele cliente e não apenas uma questão única.

É bastante comum o cliente já ter um advogado no qual confie, porém ele não é especialista ou não atua em outra área do direito a qual o cliente precisa naquele momento. Por isso a dica é, dê preferencia na contratação de um escritório, até porque é muito mais seguro que mais de um profissional possa atuar em seu favor.

Já imaginou se o seu advogado, por algum motivo, não consegue atende-lo em determinado período por questões pessoais (por exemplo viagem, doença e etc)? A contratação de um escritório de advocacia mostra-se muito mais segura, principalmente para empresas.

Portfólio e Apresentação

Apesar de ser vedado pelo Código de Ética da OAB a divulgação pelo advogado ou escritório de advocacia de quem são seus clientes, é possível analisar o site eletrônico do advogado ou escritório de advocacia, suas redes sociais profissionais (Facebook e Linkedin do profissional e/ou escritório).

É possível, ainda, caso não consiga encontrar informações daquele profissional, solicitar uma apresentação eletrônica por email para que você possa ter um maior conhecimento dos serviços oferecidos, áreas de atuação e etc.

Conhecimento da Causa

A análise do quanto o advogado conhece daquele assunto talvez seja algo mais complicado para o cliente, até porque envolve conhecimento técnico que o cliente não tem.

Porém é possível analisar o conhecimento técnico de um advogado sem conhecer do assunto à ele apresentado. Referida análise é exatamente o ponto de ligação entre a primeira variável (segurança) e a segunda variável (capacidade técnica).

Contrato Escrito

É bastante importante que a relação contratual seja formalizada por um contrato escrito para a segurança tanto do cliente como do advogado.

Este profissional realmente é um advogado?

Não custa nada procurar saber se aquela pessoa que se oferece como advogado realmente é um advogado. Para verificar, acesse o site da OAB e pesquise no cadastro nacional de inscritos pelo nome daquela pessoa ou pelo número da OAB e Estado. Clique aqui para acessar.

Capacidade Técnica

Para escolher o melhor advogado (ou o melhor escritório de advocacia) para você, observe se aquele advogado (ou aqueles advogados que integram o escritório) possuem alguns dos itens que ilustraremos à seguir. Tais itens são demonstrações, exteriorizações, de que aquele profissional possui o conhecimento e capacidade técnica necessária para atuar em seu benefício:

Produção Acadêmica

Uma das formas de analisar o quanto aquele advogado conhece do assunto é pesquisar se aquele advogado já escreveu ou já participou de projetos acadêmicos referentes a algum assunto jurídico. Por exemplo, advogados que escrevem artigos, livros ou outros materiais relevantes certamente possuem conhecimento técnico do assunto, podendo ajudar na solução do seu problema de maneira mais eficaz.

Advogados que também conciliam a advocacia com o magistério (ser professor) certamente também possuem o conhecimento técnico necessário. Há, ainda, profissionais que são colunistas em jornais ou contribuem na difusão e propagação de conhecimento jurídico.

Participação em entidades

O mundo jurídico possui diversos locais apropriados para a discussão de temas jurídicos cujo maior objetivo é a troca de informações entre os profissionais e o aprimoramento técnico dos participantes.

Existem diversos locais destinados ao incentivo de discussões e pesquisa de assuntos jurídicos, os quais são integrados por advogados, juízes, promotores e demais profissionais correlatos.

Analisar de o advogado é membros de Comissões da OAB, se ele é membro de Associações de Advogados ou ainda de grupos e núcleos de pesquisa, principalmente em universidades, são fatores que auxiliam na busca pelo melhor advogado para você.

Participação em cursos, seminários e simpósios

Um bom indício é saber se aquele advogado é atualizado. Como todos sabem, no Brasil leis são criadas, literalmente, todos os dias. O acompanhamento das novidades jurídicas é um fator importantíssimo para saber se aquele é o melhor advogado para você. Ninguém quer ser atendido ou defendido por um profissional defasado.

Uma dica para saber se o profissional frequenta cursos, seminários e simpósios é pelo próprio Linkedin. É bastante comum que os advogados atualizem sua página pessoa no Linkedin com os cursos e demais atividades correlatas.

Especialidade

A escolha do melhor advogado para você deve, também, considerar a especialidade do profissional. É sempre mais indicado escolher um advogado especialista naquele assunto que você necessita, por exemplo, escolher um advogado especializado em Direito do Trabalho para defendê-lo numa ação trabalhista.

É importante considerar, também, que num escritório de advocacia existem diversos advogados especialistas. Por isso, contratar um escritório equivale a contratar diversos especialistas diferentes ao mesmo tempo, o que pode beneficia-lo, já que é comum uma causa ou questão envolver mais de um Ramo do Direito. Contratar um escritório de advocacia não significa que será mais caro do que contratar um advogado isolado.

Preço

Certamente um dos principais aspectos decisórios na escolha do melhor advogado para você é o preço. Além do profissional transmitir a segurança necessária e ter grande conhecimento técnico, é necessário que o preço dos serviços sejam compatíveis com a possibilidade de pagamento.

Existem diversas formas de se contratar um advogado: por causa isolada, por mês, por hora, pagando antes, pagando por ato, pagando pelo êxito, à vista, parcelado e etc. É importante perguntar ao profissional ou ao escritório quais as opções existentes para pagamento naquele caso específico. É possível que mais de uma opção seja apresentada, sendo possível adequar o preço à sua necessidade.

Uma boa opção de contratação para empresas (ou para pessoas cujas atividades desempenhadas sempre necessitem da visão jurídica) é a assessoria jurídica. Nesta modalidade de contratação normalmente paga-se um valor fixo mensal o qual já supre todas as necessidades do cliente, sem a necessidade de diversas contratações pontuais, o que sempre acaba saindo mais caro.

Além disso, com um plano de assessoria jurídica mensal o cliente estará bastante seguro para sempre que entender necessário consultar seu advogado e evitar tomar decisões erradas que gerarão prejuízos futuros ou imediatos.

É importante ter em mente que se o profissional (ou os profissionais do escritório) possui todas as características acima mencionadas, certamente seus serviços não serão os mais baratos do mercado (porém com certeza também não serão os mais caros).

Como em qualquer outro serviço contratado, muitas vezes a contratação do barato pode gerar um prejuízo maior por “o barato pode sair caro“.

Mas e a indicação?

Antigamente, principalmente antes de existir a Internet, basicamente a escolha de um advogado baseava-se apenas na indicação. Era bastante comum contratar um conhecido ou um parente, principalmente por falta de opção de outro, ou ainda, por confiar apenas naquele individuo.

Atualmente é possível ir muito além da mera indicação. A indicação é sim um fato importante para a escolha do melhor advogado, porém não é o único quesito a se considerar.

Tenha sempre em mente que a escolha do melhor advogado (ou do escritório de advocacia) baseia-se principalmente em 3 aspectos: Segurança, Capacidade Técnica e Preço. Conseguindo conciliar estres 3 pontos, certamente você estará próximo de escolher o melhor advogado!

A partir de agora você já pode escolher o melhor advogado para você com mais confiança, pois tem o conhecimento do que é necessário analisar nesta ocasião.


Autor

  • Tulio Martinez Minto

    Tulio Martinez Minto é Advogado. Sócio-Fundador e Diretor de Martinez Minto Advogados. Especialista em Direito e Processo do Trabalho e em Direito Empresarial. Atua em causas de alta complexidade. Autor de diversos livros e artigos jurídicos próprios. É também parecerista, consultor e palestrante. www.martinezminto.com

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor

    Site(s):

Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0

Livraria