O ADVOGADO PODE GANHAR MAIS DO QUE O CLIENTE EM UMA INDENIZAÇÃO?

Marcus Vinicius de Sousa Brasileiro perguntou Segunda, 02 de março de 2009, 15h46min

O ADVOGADO PODE GANHAR MAIS DO QUE O CLIENTE EM UMA INDENIZAÇÃO? PERGUNTA ESTA BASEADA NA TABELA DE HONORÁRIOS DA OAB, TENDO EM VISTA QUE NO JUIZADO O MÍNIMO É DE R$ 314,00

EXEMPLO: UM PROCESSO CUJO CLIENTE GANHE R$ 400,00 REAIS DE INDENIZAÇÃO, PODERIA O ADVOGADO DESCONTAR O MÍNIMO ESTABELECIDO NA TABELA DA OAB r$ 314,00?

Respostas

29

  • Adv. Antonio Gomes

    Sim. Veja que até 20 sal. o cliente pode demandar independente de advogado, portanto, sendo a sua escolha aceitar os honorarios, digo, eu não assumo um processo de juízado por menos de 1.000,00.

  • Adv. Antonio Gomes

    Na verdade muitas vezes eles pagam para o advogado constituído, pagam para o advogado oponente, pagam suas custas do processo, honorários de peritos, multa por má-fé processual e etc e tal..,.. Fato esse por faltarem com a verdade ou gostar de entulhar o judiciário com demandas que chamo de aventura juridica, conhecida como loteria juridica. Tenho n exemplos entre eles da ex-esposa do ronaldinho ao demandar em face daquele video na tal praia fazendo sexo em local público.


    OK.

  • francisco de Assis Temperini

    Marcos Vinicios; primeiramente deve haver entre o cidadão e o advogado um contrato de trabalho, veja bem, deve, e a maioria dos advogados não o fazem; por esse motivo havendo relação de consumo entre o advogado e o cidadão, se voce se sentir prejudicado, ingresse com uma ação no juizado de pequenas causas, pois sem contrato voce tem grande chance de reverter esssa aberração.

  • francisco de Assis Temperini

    Denil Martins: " Lendo sua argumentação da discussão, esclareço a voce que ainda tem mais; voce sabia que atualmente os advogados recebem no final do processo para que foram contratados por seu cliente, os valores da sucumbência ( valores da condenação do perdedor da demanda ao vencedor, em regra de 10% do valor da causa), valores esses, que anteriormente pertenciam cidadão, por Lei estabelecida ha mais de 30 anos no Codigo de Processo Civil de l973, no seu artigo 20; hoje, o artigo 23 do Estatudo da OAB, garante ao causídico o que pertecia oa cidadão! Pode?"

  • Marcus Vinicius de Sousa Brasileiro

    Sr Francisco, já verificou a tabela de honorários da tabela da OAB? O advogado precisa apenas do cliente para trazer o problema e assinar a procuração, portanto, o adv. que está sempre se atualizando e cumprindo todas as formalidades do processo, acho justo receber os honorários contratados, bem como de sucumbência.

  • Orlando Oliveira de Souza_1

    Esse é o típico problema que interressa a todos e no entanto há poucos comentários aqui no Jus....corre uma ADIN para reverter a sucumbência ao ganhador da causa QUE DESEMBOLSA AS CUSTAS NA AÇÃO OU NELA SE ONERA...É UM ASSUNTO NEVRÁLGICO...que deveria haver regras equânimes...situações há em que o causídico recebe mais que o cliente e isso não é ético nem lógico; haja vista que também ocorrem situações em que o ADVOGADO contratado arca com as custas devendo compensar seus GASTOS POR OCASIÃO do êxito da Ação....Li um artigo da OAB-MG tentando equacionar o problema ou normatizá-lo mas não depende só desse Estado....smj.

    Abraços,

    Orlando.