Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. alinedsc
    15/12/2009 14:40

    Sou funcionaria bublica estatutaria a 2 anos e 11 meses, nesse periodo fui avaliada por meus superiores que sao cargo de confiança, tive 3 avaliaçoes assinadas por eles a primeira foi otima mas as 2 ultimas ruins quando completei 2 anos e meio recebi uma comunicado da prefeitura me dissendo que a partir de 31 de dezembro serei exonerada tive direito a defesa mas nada adiantou gostaria de saber se tem algo mas que eu possa fazer para evitar isso e se eu tenho algum direito.
  2. ISS
    18/12/2009 13:19

    Usuário suspenso

    Poderia tentar a vi Judicial, contudo ao Jdiciário não cabe entrar no mérito a decisão Adminitrativa, o Judiciário irá veificar se lhe foi dada a oprtunidade de ampla defesa, como vc mesa disse isto foi feito, logo a deicisão de ser exonerada a princípio esta dentro da legalidade, assim o Judiciário não irá determinar o impedimento pra sua demissão ou reitegração
  3. bezerrinha
    14/01/2010 22:49

    Se vc já entrou com ampla defesa e nada adiantou.. então vc não tem direito..

    Depois de assegurado o direito de defesa e do contraditório e ratificado que o servidor não merece continuar no serviço público, a Administração Pública passa a ter o poder-dever de exonerá-lo. Trata-se de um ato vinculado.
  4. alinedsc
    18/01/2010 15:09

    Fui exonerada apartir de 31 de Dezembro gostaria de saber o que eu tenho direito a receber e se no futuro eu posso participar de outro concurso publico
  5. EMANNUEL MESSALA
    19/01/2010 12:48

    exoneraçao nao é puniçao, inclusive vc pode fazer até pra o mesmo cargo em que vc foi exonerada!
  6. lucio milanesi
    23/01/2010 23:01

    Você era um CC e a exoneração é um ato vinculado não punitivo e vc pode sim fazer outro concurso, além disso tem direito a receber sua remuneração.

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS