Quero sair da empresa em que trabalho mas eles não querem me demitir

Trabalho em uma empresa e quero sair já pedi para me demitirem mais eles não querem, e eles não querem nem fazer acordo de eu devolver os 40% da multa da rescisão, não posso pedir demissão pois vou perder perto de R$ 10000 e eu to precisando desde dinheiro, já ouvi falar de acordo judicial alguem sabe como funciona???? Desde já obrigado!!!

Respostas

9

  • Navarro-Bacharel

    Navarro-Bacharel

    Não há solucão no seu caso!

    A empresa te paga em troca da sua mão-de-obra, tudo isso é um contrato.

    Para romper um contrato, uma das partes, ou ambas, devem fazê-lo por vontade própria ou quando se quebra alguma regra contratual.

    Você pode não ir mais trabalhar, mas sofrerá as consequencias pelo seu ato, podendo sofrer várias punições até sua demissão por justa causa.

    O acordo que você menciona é "ilegal", pois, viola a legislação trabalhista, ao permitir que a empresa se apodere de benefícios eneretes ao trabalhador.

    Fica dificil seu caso!

  • Navarro-Bacharel

    Navarro-Bacharel

    Não há solucão no seu caso!

    A empresa te paga em troca da sua mão-de-obra, tudo isso é um contrato.

    Para romper um contrato, uma das partes, ou ambas, devem fazê-lo por vontade própria ou quando se quebra alguma regra contratual.

    Você pode não ir mais trabalhar, mas sofrerá as consequencias pelo seu ato, podendo sofrer várias punições até sua demissão por justa causa.

    O acordo que você menciona é "ilegal", pois, viola a legislação trabalhista, ao permitir que a empresa se apodere de benefícios eneretes ao trabalhador.

    Fica dificil seu caso!

  • Alex Sandro Neves

    Alex Sandro Neves

    Olá, seu caso tem sim solução, pois já passei por isso também, procure uma pessoa especialista em leis trabalhista e consulte um termo chamado de "rescisão indireta". Da mesma forma que a empresa pode lhe mandar embora, você pode também fazer o mesmo, porém tem que verificar com o seu advogado, pois é um caso de ação trabalhista, veja bem, se você tiver boas alegações e provas do porque o pedido de demissão, o juiz ordenara que seja feita a dispensa com todos os direitos pagos, caso contrario não vale a pena, não alegue apenas a necessidade do uso do dinheiro.

    Alex.

  • Dr. Ricardo Gomes - ricardo@advogadosp.com

    Dr. Ricardo Gomes - ricardo@advogadosp.com

    Nesse caso, você poderá ingressar com um pedido de recisão indireta, desde que esteja dentro dos requisitos abaixo.

    - exigir do empregado serviços superiores às suas forças, defesos por lei, contrários aos bons costumes, ou alheios ao contrato;

    - tratar o empregado com rigor excessivo;

    - submeter o empregado a perigo manifesto de mal considerável;

    - deixar de cumprir as obrigações do contrato de trabalho;

    - praticar contra o empregado ou pessoas de sua família, ato lesivo da honra e boa fama;

    - ofender fisicamente o empregado ou pessoas de sua família, salvo em caso de legítima defesa própria ou de outrem;

    - reduzir unilateralmente o trabalho do empregado, sendo este por peça ou tarefa, de forma a afetar sensivelmente a sua remuneração.

    Dúvidas: ricardo@advogadosp.com

  • Luís_antonio

    Luís_antonio

    Estou passando por um situação parecida, trabalho a 7 anos lá, só que a empresa que estou não quer mudar meu horario de trabalho. Estou Fazendo Faculdade como bolsista no periodo da noite, avisei onde trabalho depois de voltar de ferias, mas recusaram-se.
    Pedi para me demitirem ou fazer acordo e devolver a multa mas se recusam.
    Estão fazendo pressão para que eu peça demissão.
    Se puderem me ajudar eu agradeço.

  • Luís_antonio

    Luís_antonio

    Não deixei bem claro então estou editando a mensagem.

    A empresa que trabalho está fazendo pressão para que eu peça demissão. Trabalho a sete anos e cerca de um mês atrás começaram a me designar coisas que não fazem parte da minha função, trabalho na parte de manutenção e constantemente ficavam querendo me obrigar a fazer faxina. Deram-me férias e neste intervalo ficavam falando em voz alta que eu não era mais funcionário da empresa. Neste intervalo correu que eu conseguir uma bolsa integral em uma boa faculdade particular (Mackenzie) e voltando de férias, não me demitiram e sabendo que estudo no período noturno e trabalho das 14-22 horas dizem que não podem mudar o meu horário para de manhã alegando que o quadro de funcionários esta completo.
    Obs.: Sempre trabalhei no período da manhã, fui um bom funcionário, e constantemente pediam-me para ir fazer manutenção em outras lojas, sempre fiz o que me pediram, deixando de lado várias outras coisas.
    O que ocorreu: No ano passado me sobrecarregaram fazendo trabalhar na minha loja, a qual o outro técnico estava de férias, e em outra do mesmo tamanho, umas das dez maiores da rede. Depois de um tempo trabalhando várias horas a mais por dia , falei que não conseguia continuar trabalhando assim em dois lugarem ao mesmo tempo e sozinho, passando uns dias mudaram-me para tarde.
    A organização das lojas funciona assim: Um técnico à tarde e um de manhã. O de manhã daqui não tem muita experiência com manutenção, é o horário indicado para fazê-lo porque no período da tarde tem muitos clientes na loja.
    Então tudo fica assim eu bem mais velho de empresa e que sei bem mais da parte técnica querem que fique trabalhando à tarde que é um horário penoso para manutenção e alem disso deixe de fazer faculdade. Toda vez que tento falar com a gerente ela alega estar ocupada e que eu sou impertinente, e geralmente pede para sair de perto dela com um grito. Quando insisto um pouco ela decide ligar para o supervisor e me retorna com uma mensagem sempre negativa e sem sentido, a última é que ele quer que meu pai vá falar com ele. Tenho 27 anos ainda moro com meus pais, mas chamá-los é uma coisa sem sentido e você que estiver lendo esta mensagem vai achar que estou inventando, mas é a pura verdade. Praticamente não sei o que fazer.
    Ontem fui mais cedo buscar uma solução, a gerente me ignora e diz que esta ocupada e as situações descritas acima se repetem. Falou para eu voltar as 14 e ficar até as 22horas que era o meu horário e para não faltar na faculdade não pude ir trabalhar, sou bolsista e não posso ficar em dependência nas matérias e nem mudar o horário da faculdade.
    Gostaria de saber se tem algo que eu possa fazer se peço demissão mesmo, estou sem opções. O meu fundo de garantia está em R$ 7000 e ficará retido.
    Por favor, vocês podem me orientar.
    Me desculpem entrei em um fórum aberto com este tema mas o meu problema é um pouco diferente.

  • Daniel Vasconcelos

    Daniel Vasconcelos

    peça demissao....e siga em frente

    quando começou a estudar ja sabia qual era o seu horario de trabalho....a empresa entao nao tem obrigacao de mandar embora..