Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. felipe
    05/08/2005 13:25

    a mÂe tem um filho sem registro do pai, depois de 4 anos o pai aparece e quer recorrer na justiça a guarda do filho
    ele tem alguma chance de conseguir?

  2. Maria Anete
    06/08/2005 08:13

    Felipe.

    Entendo que, primeiro, o pai deverá comprovar a paternidade, para, depois, tentar a modificação de guarda que só terá chances de ser deferida caso exista comprovação de que a mãe não pode permanecer com a guarda do filho.

    Maria Anete

  3. JAQUELINE SALDANHA
    19/01/2009 17:24

    Tive um relacionamento onde foi gerada uma crianca, o pai dela e eu, nao estamos mais juntos....ela tem 2 anos....e a todo momento ele fica me chantagiando q ira entrar ja justica para pedir a guarda da minha filha. Sou idependente, tenho residencia propria...e trabalho no mesmo emprego a mais de 10 anos....jah o pai mora com os o pais, esta trabalhando a pouco mais de 10 meses....Minha pergunta eh a seguinte:

    - Existe possibilidades dele ganhar a causa?
    - tenho a obrigacao de deixar minha filha dormir na casa dele todos os finais de semana, mesmo contra a minha vontade?
    - Quais os direitos legais que ele tera em relacao a visita, ja que qdo deixo ela ir para la, ele nunca tras ela no horario...e sempre qdo volta....esta com algum machucado por falta de cuidados.

    Aguardo anciosa a resposta de voces


    Att

    Jaqueline
  4. Juliana Barros_1
    19/01/2009 17:30

    Jaqueline, é muito difícil buscar uma resposta exata. Analisando seu histórico suas chances são infinitamente maiores que a dele (que são remotas). Muito embora hoje pai e mãe tenham os mesmos direitos sobre os filhos, ainda parto do princípio de que a criança na maioria das vezes (salvo raras excecões) fica melhor com a mãe, e o Judiciário também tem entendido assim.
    Qto as visitas, elas são regulamentadas judicialmente?

    Aguardo sua resposta.

    Att. Dra. Juliana Barros.
  5. JAQUELINE SALDANHA
    20/01/2009 10:32

    Ainda não há visitas regulamentadas judicialmente. E ai q esta o problema, gostaria de saber como devo proceder para q minha filha tenha visitas monitoradas ou q pelo menos ele a entregue em casa no horario combinado....Sou obrigada a deixar com q ela durma na casa dele?...não confio na família...como disse anteriormente, eles nao cuidam direito!....
  6. Juliana Barros_1
    20/01/2009 14:02

    Jaqueline, vc deverá procurar um advogado para ingressar com ação de regulamentação de visitas. Em virtude da idade vc pode requerer a visita supervisionada e que sejam estabelecidos horários. Vc não é obrigada a deixar sua filha dormir lá, ela só poderá ficar sozinha lá e dormir quando tiver idade suficiente para entender tudo o que acontece em seu redor.

    Att. Dra. Juliana Barros.
  7. Gabriella Oliveira_1
    31/01/2009 17:59

    Gostaria de saber se a mãe tendo a guarda do filho ela tem direito de tirá-lo fora do estado sem o consentimento do pai ????
  8. Debora Martins
    05/02/2009 12:14

    Tenho um relacionamento de 5 anos.Moramos juntos(casa própria) mas não nos casamos.Temos uma filha de 3 anos.A questão é: Em discussões ele sempre me ameaça em levar a minha filha embora.É muito ciumento,porém eu não dou motivos para isso.Diz sempre que se um dia eu quiser me separar,que levará minha filha.Minha preocupação é de um dia isso acontecer.Ele pode mesmo fazer isso?O fato é que eu parei de trabalhar para cuidar dela até que complete a idade certa de começar a estudar e eu retomar a minha vida profissional.Dependo dele!
    Outra pergunta:Certo dia ele quis ir à praia e eu recusei o convite.Disse que mesmo assim ia pegar a nossa filha e levá-la contra a minha vontade.(isso sempre acontece).São coisas que não dá pra conversar,ele sempre quer se sentir mais dono so que eu. Eu posso impedir essas situações de alguma forma?
  9. Juliana Barros_1
    05/02/2009 14:06

    Débora, o seu caso é complicado porque vc mora com ele e não existe entre vcs uma regulamentação de guarda que te ampare legalmente.

    1ª Pergunta: Diz sempre que se um dia eu quiser me separar,que levará minha filha.Minha preocupação é de um dia isso acontecer.Ele pode mesmo fazer isso?

    Resp: Ele pode até levar sua filha, mas contra a lei. Se isso ocorrer vc pode registrar boletim de ocorrência. Muito embora a Lei tenha igualado o homem e a mulher, somente a Justiça pode determinar quem ficará com a guarda da cç em caso de separação.

    Outra pergunta:Certo dia ele quis ir à praia e eu recusei o convite.Disse que mesmo assim ia pegar a nossa filha e levá-la contra a minha vontade.(isso sempre acontece)

    Resp: Ele como pai tem direito de viajar com a cç, mas tudo de comum acordo com vc.

    O mais importante é que exista um diálogo entre vcs e que ele entenda que usar a filha para te ameaçar vai prejudicá-la futuramente.

    Att. Dra. Juliana Barros.
  10. Debora Martins
    06/02/2009 17:14

    Muito obrigada Dra.Juliana.Me ajudou muito!
  11. fernanda_1
    06/02/2009 19:07 | editado

    tive um relacionamento onde foi gerado uma criança, o pai registrou da pensão e paga plano de saude em termos pois sei que quem paga tudo é a mãe dele + ele falou que fez a obrigação dele o que eu queria mesmo saber é a respeito de com quantos anos meu bebê passa ir para residencia dele e se eu posso impedir pois ele não tem vindo ver o menino e não tem amor nenhum por ele qual melhor atitude q devo tomar nesse caso.
  12. fernanda_1
    10/02/2009 14:37

    Drª Juliana estou aguardando sua resposta anciosa. Obrigada!!
  13. Elisa
    16/02/2009 11:50

    Bom dia,

    Eu morei junto com uma pessoa durante 3 anos,me separei e meu ex marido ficou com a minha filha na época ela tinha 2,5 anos, eu sempre peguei ela nos fins de semana e datas comemorativas,ela mora com os avós paternos pois meu ex marido se casou de novo e deixou ela com os pais.
    Hoje ela tem 8 anos gostaria de saber se eles tem direito de me proibir de ver a minha filha ja que nao tem nada na justiça ainda.
  14. Juliana Barros_1
    21/02/2009 17:14

    Elisa, vc tem direito de visitar sua filha sim! Procure um advogado e ingresse com uma ação de regulamentação de visitas e, se tem interesse em reaver a guarda entre com ação de guarda.

    Vc pode também registrar um Boletim de Ocorrência com o pai de sua filha.

    Att. Dra. Juliana Barros.
  15. Alice
    24/02/2009 21:57 | editado

    Faz 5 anos que me divorciei, os 3 filhos ficaram comigo, pois o pai abandonou o lar para ficar com outra mulher.(está casado e tem uma filha de quase 3 anos)...
    Ficou acertado que o pai pagaria 4 salarios, aluguel e convenio médico. Ele é empresário em SP, eu e meus filhos viemos embora pra Santa Rosa de Viterbo, interior Rib.Preto (300 km de SP)....Após 1 ano e meio da separação comecei um tratamento p leucemia, onde faço quimio oral até hoje, porém não consigo emprego, estou com 40 anos... Meus filhos estão com 14, 12 e 8 anos...e não querem ficar com o pai...Ele os visita a cada 30 ou 40 dias. me casei novamente há 3 anos, e de 2 anos pra cá, o ex-marido não vem cumprindo suas obrigações, está pagando somente o convênio + 1 salário e meio....eu não entrei com nenhuma ação para não ter constrangimento com sua familia, mas há + de 6 meses me ameaçou que se eu entrasse com alguma ação na justica contra ele, eu iria perder + ainda, pois ele iria tirar os filhos de mim....Mas o valor que ele passa não dá para nada, pois pago 600 de aluguel e os 200 que sobra não dá para suprir os gastos com alimentos, vestes, educação, etc...

    Gostaria que me orientasse como devo agir.
    _Ele pode realmente tirar os filhos de minha guarda, alegando impossibilidade de pagar a pensão ....ou usar a minha doença???

    Aguardo alguma orientação....muito obrigada...Deus abençoe!!!
  16. Cristiane Dias Rodrigues
    02/03/2009 18:08

    Sou deficiente "paraplegica" a tres meses atrás meu esposo foi pra santos dizendo que iria trabalhar mas se passaram 1 mes ele me liga dizendo que ñ voltará mais nem a roupas veio buscar tenho uma menina de 9 meses com ele e perante esses tres meses a ajuda dele foi de 100 reais e em uma de nossas conversas lhe disse q eu iria vender o carro pois ele ficou bravo e na discução ele disse q iria tomar Isabelle de mim...Esiste possibilidades dele conseguir oq eu devo faze por que minha emotivação de vida é ela por favor aguardo sua resposta
  17. joselio marques
    02/03/2009 22:54

    O que fazer quando a mae sai p/ a balada e deixa a criança c/ o irmaõ adulto e no dia seguinte o pai da criança aparece e leva o mesmo e diz que não irá devolve-lo,
    sendo que o mesmo trabalha e mora c/ um colega ? ele tem esse direito ? ela pode oerder a guarda por esse motivo?
  18. mirelle cristine
    03/03/2009 13:47

    tenho um filho de 10 anos e guarda dele é minha, me mudei para esta cidade a pouco tempo e o trouxe comigo. O pai dele mora na outra cidade q fica a 600km daqui onde nos moravamos, e disse que vai pedir a guarda dele. Quais as chances dele?Com qual idade meu filho pode decidir com quem ficar?E em relação as visitas, eu tenho que leva-lo lá ou ele tem que vir busca-lo?
  19. soraya rios
    03/03/2009 15:40

    ola! moro com um parceiro há 2 anos, e tivemos um filho q agora tem 6 meses.
    decidi me separar,
    mas ele nao aceita e me ameaça.
    diz que vai tirar meu bebe de mim!

    GOSTARIA DE SABER SE ELE PODE PEGAR MEU BEBE DE MIM
    ELE AINDA MAMA NO PEITO E DEPENDE MUITO DE MIM!

    me ajude o que eu faço?
  20. Andréia_1
    08/03/2009 22:01

    Gostaria de saber quais os direitos que o pai tem para tirar a filha de sua mãe?
    Pois ela já tem outro filho com outro homem e entregou a criança para a avó materna.
    A mãe da criança tem serviço fixo e residência e o pai também tem, mas a vida moral dos avôs paternos e higiene pessoal e são de respeito incontestável em moral,já os avôs paternos são de condições higiênicas precárias a qual não tem condições de ter uma criança pela falta de higiene e cuidados..
    Atenciosamente aguardo resposta,desde já
    Obrigada

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS