Ir direto ao conteúdo

Redes Sociais do Jus Navigandi

  1. ALEGRENSE
    30/01/2012 21:51

    Olá Boa Noite
    gostaria muito de informações que pudessem me esclarecer melhor minha situação.
    Por problemas de saúde( CID- ) precisei me afastar da empresa devido ao atestado de 15 dias que o medico me deu, foi marcado perícia médica e foi DEFERIDO, minha primeira perícia. Só que devido as minhas condições de saúde, não posso retornar ao trabalho, e foi agendado outra perícia para daqui a 90 dias, mas neste intervalo estou fazendo vários exames e tratamentos, mas fui surpreendido por uma demissão. É justa esta demissão, ou cabe algum recurso. O que devo fazer.....
  2. Insula Ylhensi
    31/01/2012 00:14

    Usuário suspenso

    Acho que vc quis dizer que o pedido foi INdeferido.

    Quando é "deferido" é porque houve aceitação de seu pedido.

    Vc somente pode ser encaminhado a perícia do INSS se sua licença médica ultrapassar 15 dias. Se a perícia indeferiu sua licença, vc precisaria ter voltado ao trabalho. Não tendo condições para o trabalho vc precisaria apresentar outro atestado para justificar sua ausência. Se vc nao retornou a empresa lhe dá faltas.

    Quando as faltas se acumulam o empregado pode ser dispensado até por justa causa.

    Pela CLT a licença doença não confere estabilidade no emprego, mas seu Sindicato pode prever estabilidade provisória no retorno da licença doença. Portanto, sugrio que vc os contate.
  3. InteressadoEmDireito
    01/02/2012 12:46

    Olá Ale!

    Siga as orientações da nossa colega de forum esta corretissima.

    abraços
  4. ALEGRENSE
    02/02/2012 14:42

    Olá
    Boa Tarde
    agradeço pelas respostas.
    Como falei anteriormente, tirei atestado de mais de 15 dias, fui para a perícia, fiquei esperando 90 dias até a perícia, foi DEFERIDO, quer dizer, reconhecido o fato do afastamento, recebi normalmente o que tinha de direito, daí nao tinha condições de retorno ao trabalho,aí pedi novamente outra perícia, que foi marcado para 90 dias pra frente , para o dia 12/03/2012, nesse intervalo fui surpreendido com a demissão.
  5. Insula Ylhensi
    02/02/2012 18:23

    Usuário suspenso

    Se vc estava licenciado pois a perícia deferiu seu pleito, a empresa não poderia demití-lo, posto que o contrato se encontrava suspenso.

    O problema é se a empresa ignorava ter sido concedida a licença por 90 dias, seria compreensível se ela lhe desligou por ausência ao serviço. Existe uma forte falta de informação quanto a rotina nessses casos. Após o fim da licença o empregado deve voltar a empresa e esta encaminhá-lo a novo exame de retorno ao serviço, ao constatar sua inaptdão ao trabalho, ele é posto novamente em licença devendo buscar o INSS e se preciso recorrer para ter concedida sua licença previdenciária.

    Se isso não aconteceu com vc é bem provavel que a empresa entendeu errado sua ausência, como injustificada. Vc deve agora informar a eles, apresentar a licença previdenciaria concedida pelo INSS. Eles deverão reverter a demissão. Caso não o faça, vc deverá entrar na justiça requerendo-a.

    Boa sorte!!

Participe do Fórum

Entre com seu cadastro do Jus Navigandi:

Esqueceu sua senha?

Não tem Facebook e quer participar do Fórum?

Faça perguntas, responda dúvidas e discuta assuntos jurídicos. É fácil e grátis!

JUS NAVIGANDI NAS REDES SOCIAIS