Respostas

1

  • 0
    D

    Dr. Adriano Antunes Sábado, 05 de maio de 2012, 13h02min

    Se o único requisito previsto na legislação para a concessão do adicional por tempo de serviço é o implemento do período do seu exercício, tanto que a você já percebe o adicional equivalente ao quinquenio há dez anos, pode-se concluir que é líquido e certo o seu direito a continuar recebendo o qüinqüênio, haja vista que você conta com mais de vinte anos de efetivo exercício na profissão. Adicional de tempo de serviço é o acréscimo pecuniário que se adita ao padrão do cargo, em razão exclusiiva do tempo de exercício estabelecido em lei para o auferimento da vantagem. É um adicional 'ex facto temporis', resultante de serviço já prestado 'pro labore facto'. Sua 'condictio iuris' é, apenas, tão-somente, o tempo de serviço já prestado, sem se exigir qualquer outro requisito da função do empregado.

    Entendo que tal acordo coletivo deve ser verificado, pois o quinquenio realmente é direito adquirido e vc não pode ser prejudicado por ter sido transferido de região.

    Espero ter ajudado.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região