Respostas

3

  • 0
    G

    gloria Quarta, 18 de outubro de 2006, 23h03min

    Paula, sempre que o processo se desvia das regras processuais, e isso ocorre quando uma das partes tem a intenção de tumultuar o processo, a parte percebendo que poderá ser prejudicada pode requerer ao juiz o chamamento do feito a ordem, ou mesmo o juiz percebendo o rumo que se pretende dar ao processo fora das normas,pode por si chamar o feito a ordem, ok?

  • 0
    G

    Gentil Pimenta Neto Quinta, 19 de outubro de 2006, 17h11min

    Complementando a resposta dada pelo nobre colega, peço-lhe venia para adicionar.

    Na maioria das vezes essa petição denominada de "CHAMAMENTO DO FEITO À ORDEM", alé de se enquadrar nos casos citados pelo colega, costuma servir para, de uma só vez, demonstrar ao Juiz que ele se perdeu deixando de observar vários petitórios, por exemplo: Você requer ao juiz a gratuidade quando da constestação. O juiz nada diz a respeito e o processo vai sendo tocado. As publicações também não saem com sua OAB. A intempestividade da réplica do Autor não foi observada pelo Juízo. As provas que requereu ou Oficios, etc... também não foram respondidos pelo JUiz. Nesse caso, você faz então o chamamento do feito à ordem e pedindo ao Juiz que resolva essas pendências sobre elas se manifestando.

    Gentil

  • 0
    M

    Marcia Moura Quarta, 07 de julho de 2010, 14h52min

    Caros colegas, primeiramente quero agradecer as informações, que foram muito util para mim. E também pedir a contribuição de vocês, para enviar um modelo de petição de chamamento do feito à ordem. Desde já agradeço.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região