Respostas

5

  • 0
    W

    Wagner Santos de Araujo Quarta, 14 de abril de 2004, 9h49min

    Conforme o professor Wagner Pasquali (eu), o correto é tratar uma autoridade por V.Exa. (Vossa Excelência) ou Ex.mo. (excelentíssimo).

    O Dr. é dispensável, salvo se ele tenha doutorado.

    Se o Promotor é desconhecido ou variável, use o cago depois do ex.mo. Se for nominado, use o ex.mo. para o nome e M.D. (Mui digno) para o cargo.

    Logo,

    Ex.mo. Sr. Fulano
    M.D. Promotor blá, blá

    Ex.mo. Sr. Promotor de Infância, etc.

    Tá ligada?

  • 0
    C

    Cristiano Gonçalves Quarta, 14 de abril de 2004, 12h15min

    Cara Colega
    Patrícia

    Eu adoto o seguinte:

    ILUSTRÍSSIMO SENHOR PROCURADOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DA SUB-PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DE BAURU, ESTADO DE SÃO PAULO. (2ª REGIÃO)

    Espero ter ajudado!!

    Saudações

    Cristiano

  • 0
    R

    Rafael Meireles Segunda, 19 de abril de 2004, 12h23min

    Patricia nesses casos devemos enviar a carta com titulo ao MP(ministério Público) assim vc estaria emnviando a carta a instituição como um todo e o promotor aceitará pq é parte do MP.
    Espero ter ajudado.

    Rafael

  • 0
    G

    Guilherme Alves de Mello Franco Segunda, 19 de abril de 2004, 23h02min

    Pati: O Promotor de Justiça, tal como o Delegado de Polícia, não é uma autoridade, como o Juiz o é, apesar de não haver qualquer hierarquia entre eles, nem em relação ao Advogado. Assim, o tratamento de excelência é deferido, apenas e tão somente, ao Juiz. O Promotor é ilustríssimo senhor (Ilm. Sr. Representante do Ministério Público do Estado de...). Qualquer outra dúvida, estou às ordens.

Essa dúvida já foi fechada, você pode criar uma pergunta semelhante.

Receba os artigos do Jus no seu e-mail

Encontre um advogado na sua região