Respostas

2

  • jose tomaz da silva - sbc / sp

    Ana Claudia...


    As férias, normalmente são concedidas em um único período, salvo em casos excepcionais, quando poderão ser concecidas 2 etapas, desde que, um delas não seja inferior a 10 dias corridos.



    Também poderá haver a concessão de férias coletivas, que da mesma forma, poderá ser concedida em 2 períodos, sendo que nenhum deles pode ser inferior a 10 dias.


    Não havendo excesso de faltas, normalmente o empregado tem direito à 30 dias de férias ao ano, e destes, 1/3 ou seja, 10 dias, poderão ser negociados, dentro do que prevê a legislação.


    Imagino que voce, quando usufruiu os primeiros 15 dias, já tenha 'negociado" o terço legal, de 5 dias e assim, agora, sobre os 15 dias restantes, restariam os outros 5 dias para que voce negociasse com a empresa.



    Abraços

    J. tomaz

  • Guilherme Alves de Mello Franco - Especialista em Direito do Trabalho e Previdenciário pela UNESA

    Prezada Ana Cláudia: O Art. 143, da Consolidação das Leis do Trabalho, determina que o empregado pode converter, em abono pecuniário, apenas e tão somente, dez dias, ou seja, você somente poderá "vender" dez dias de suas férias.
    Qualquer outra dúvida, estou às ordens.
    Um abraço,


    GUILHERME ALVES DE MELLO FRANCO
    guilhermealves@nextwave.com.br
    guilhermefranco@oi.com.br