Os antigos extintores com carga de pó BC devem ser trocados por carga de pó ABC para maior segurança dos motoristas.

Informação de suma importância a todos os motoristas brasileiros: A partir de 1º de janeiro de 2015, os veículos automotores só poderão circular equipados com extintores de incêndio com carga de pó ABC.

A Resolução nº 333/2009 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN alterou o artigo 8° da Resolução n.º 157/2004 para exigir a substituição gradativa dos extintores de incêndio com carga de pó BC por carga de pó ABC, tornando passível de multa a não substituição a partir de janeiro de 2015.

O antigo pó para extinção de incêndio BC, à base de bicarbonato de sódio, não adere à superfície, servindo apenas para líquidos inflamáveis e energia elétrica.

Extintores de Pó ABC são usados para a extinção de todas as classes de incêndio, como líquidos inflamáveis, componentes elétricos e materiais como madeira, papel, borracha e etc. Assim, o motorista estará mais seguro com o seu porte.

De acordo com o Artigo 105 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o extintor é de uso obrigatório nos veículos automotores, elétricos, reboque e semirreboque.  

Conduzir o veículo sem equipamento obrigatório, ou estando ineficiente ou inoperante, a infração é considerada grave, segundo o artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro. A penalidade gera multa de R$ 127,69, cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do proprietário do veículo, além de medida administrativa – retenção do veículo para regularização.


Autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pela autora. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

1

Livraria