Trata-se de uma ação de regulamentação de visitas.

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da _____ Vara de Família da Comarca de (nome da cidade).

Distribuição por dependência dos autos nº ().

(nome do autor), brasileiro, solteiro, empresário, carteira de identidade (número da carteira de identidade), CPF (número do CPF), residente e domiciliado na rua (nome do endereço), vem perante Vossa Excelência, por meio de seu procurador (nome do advogado), brasileiro, solteiro, advogado inscrito na OAB/(Estado e número da OAB), carteira de identidade (número da identidade), CPF (número do CPF), residente e domiciliado (nome do endereço profissional), ajuizar a presente

AÇÃO DE REGULAMENTAÇÃO DE VISITAS

em face de (nome da ré), brasileira, solteira, carteira de identidade (número da carteira de identidade), CPF (número do CPF), residente e domiciliado na rua (nome do endereço) com os seguintes fundamentos fáticos e jurídicos a serem deduzidos a seguir:

I – Dos Fatos:

O autor e a ré tiveram um relacionamento amoroso em 2014. Desse relacionamento amoroso, gerou-se um filho de 1 ano de idade.

O autor e a ré entenderam por bem pelo fim da relação por um divórcio consensual.

Contudo, a guarda foi fixada a favor da ré, o qual não deixa o autor fazer visitas ao seu filho.

Dessa forma, pede-se que seja deferido o pedido de regulamentação de visitas.

II – Do Direito:

O autor como pai tem direito a regulamentação de visitas para poder ver seu filho nos termos da lei.

Dessa forma pede-se que seja deferido o pedido de regulamentação de visitas para sábado e domingo no horário de 06:00 às 22:00, para o autor ver o seu filho.  

III) Do Pedido:

Ante o exposto, pede-se:

a) Seja deferido os benefícios da assistência judiciária gratuita nos termos do art. 12 da Lei 1.060/50.

b) Seja concedido em caráter liminar para conceder ao autor a regulamentação de visitas para sábado e domingo no horário de 06:00 às 22:00, para o autor ver o seu filho.

c) Que a ré seja citada pessoalmente, para querendo apresentar resposta.

d) Que seja julgado inteiramente procedente o pedido do autor para que seja confirmado a liminar e conceda ao autor a regulamentação de visitas para sábado e domingo no horário de 06:00 às 22:00, para o autor ver o seu filho.

e) Pede-se a produção de prova documental, e testemunhal e outras provas admitidas em direito.

Dá-se à causa o valor de R$1.000,00

Nesses termos,

Pede e espera deferimento.

Local, data.

_______________________________

              Nome do advogado

          OAB- Estado e número



Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

2

  • 0

    Bianca Oliveira

    Posso se fazer liminar para antecipação de visita ?
    Pois meu marido não ve os filhos a 5 meses e nem noticias a mãe dá

  • 0

    de lima

    Bom, a minha filha ira completar um ano no proximo mes, sendo que assim que ela fez 4 meses mesmo morando junto com a mae dela ela me botou na justica sem eu saber, como ja nao estava dando certo resolvemos nos seprar, e quando fez tres dias da nossa separação ela recebi uma ligacao dizendo que eu estava faltando a audiencia, para eu sai errada ela disse que eu nunca dei nada, fomos para uma nova audiencia de pensao onde ficou acordado 20% dos meu ganhos em carteira e como ja estavamos la ficou decidido a visitação onde eu posso pegar minha filha todo domingo que eu nao trabalhar e o domingo em que eu trabalhe posso pegar na mionha folga, mais a mae da minha filha nao esta cumprindo o que determinou a justica, essa semana voltei a advogada e a mesma fez o pedido para que seja cumprido se caso nao seja ela paga a multa e entra a busca e apreensao da minha filha, mais ainda esta para ser juntado ao processo e esse final de semana seria o meu de pegar mais uma vez tentei conversar com ela mais mesmo assim ela se recusou, no inicio minha filha fica super tranquila comigo, tenho fotos e conversar pq ela deixou apenas dois dias e agora nao deixa mais, nao sei o que fazer para pegar minha filha esse final de semana pois daqui a pouco ela ja nao vai me conhecer mais, ela ate permite que veja, mais nao me dou bem com ela nem com a mae dela pois quando estou la elas ficam igual a urubus e mal consigo ficar com minha filha, por isso prefiro ficar com ela na minha casa. inclusive quem cuidava da minha sobrinha ate o seu primeiro aninho era eu pois minha irma trabalhava e eu nao estava trabalhando, eu estou morrendo de saudades da minha filha e estou com medo dela nao me reconhecer mais como pai pois a mae dela ja esta em outro relacionamento.... o que eu posso fazer????

Livraria