Testemunha solicita alteração de data para realização de Procedimento de Acareação.

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA PRESIDENTE DO PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR N. XX/2014/AGE – XXXXXX.

 

 

XXXXXXXX, Nacionalidade, Estado Civil, Idt. Func. n. XXXXX, cargo, Portadora do RG n. XXXX SSP/RS e CPF n. XXXX Residente e Domiciliada à XXXXXX, vem mui respeitosamente perante Vossa Senhoria para solicitar o que se segue:

DOS FATOS

Estou em tratamento Médico devido a uma fratura do Fêmur com conseqüente colocação de prótese. Por este fato, estou afastada das minhas atividades funcionais neste XXX/MT no período de 14/01/18 A 12/07/2018 – conforme cópia do Diário Oficial de Mato Grosso n. XXXXXX em anexo.

Portanto, estou impossibilitada fisicamente de comparecer ao procedimento de Acareação a ocorrer em 21/02/2018 na Cidade de Cuiabá.

Em apertada síntese, estes são os fatos.

DO PEDIDO

Ante a Impossibilidade Material Solicito:

1. Que seja alterada a data do Procedimento para dia e hora posterior ao estabelecido na Licença; em não sendo possível;

2. Que seja executado no Meu Município de XXXXXXXX;

3. Havendo possibilidade que seja via Carta Precatória ou Questionário a ser executado por esta testemunha.

Termos em que

Pede Deferimento

Barra do garças, 30 de Janeiro de 2018.

XXXXXXXXXXXXXXX

Idt. Func. XXXXX


Autor

  • Marcelo Marques

    Advogado Público do Estado de Mato Grosso Com especialização em Direito Penal, Processual Pena, Direito Público, Direito Administrativo, Penal e Processual Penal Militar. Advogado da Secretaria de Estado de Agricultura de Mato Grosso e do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso. Cirurgião-Dentista especialista em Endodontia, Implantodontia, prótese sobre Implantes e Grandes Reconstruções Ósseas. Membro do Colégio Brasileiro de Implantodontia. 1º Tenente da Reserva do Exército tendo servido no Batalhão da Guarda Presidencial e Hospital das Forças Armadas.

    Textos publicados pelo autor

    Fale com o autor


Informações sobre o texto

Este texto foi publicado diretamente pelo autor. Sua divulgação não depende de prévia aprovação pelo conselho editorial do site. Quando selecionados, os textos são divulgados na Revista Jus Navigandi.

Comentários

0