Democracia é quando eu mando em você; ditadura, quando você manda em mim. Nossa indignação é seletiva, misógina, classista e racista.

Meninos negros são espancados porque moram em bairros pobres: são "suspeitos naturais" para os policiais. A Maju da Globo não pode sofrer preconceito e racismo porque é linda. Se fosse feia poderia? A Cláudia, arrastada pela PM no Rio, até a morte, foi chocante. Sem dúvida. Mas, por que era mãe de família? Se fosse prostituta e usuária de drogas, poderia? Seria menos humana? A presidenta Dilma pode ser penetrada pelas bombas de gasolina por que não se aprova seu governo?

FHC seria "enquadrado" desse modo pelos inimigos? Ou só vale para mulheres "habituadas" à violência sexual? Ricos e brancos, malfeitores da res pública, seriam esfolados vivos na praça pública? Nossa indignação é seletiva, misógina, classista e racista. O sucesso liberal da sociedade miscigenada é narcisista. Porém, só vê isso quem não é espelho. Amarildo foi torrado no microondas, virou ração de peixe ou foi dissolvido em ácido porque era traficante. Algum dos corajosos justiceiros faria o mesmo com o filho da "autoridade", se praticasse o tráfico internacional?

Negros, pobres, feios e  "desdentados" podem virar memes na Internet. Se fossem advogados e acabassem com sua vida financeira deixariam você revoltado? A miséria humana realmente anda de mãos dadas com a cordialidade e a democracia racial: se é branco e se relaciona com a mulher negra, ele é sem vergonha e ela profissional do sexo. Homem velho e mulher nova pode; o contrário é anti-cristo. O que é mesmo falso moralismo e hipocrisia? Esqueci. Com tantos ensinamentos em nome de Deus e da sagrada família, ficamos sem palavras, a não ser aquelas: "ao pó voltarás".

Como é possível que "especialistas" em educação façam contratos para professores emergenciais que terminam em outubro? Que nota merecem essas personalidades? Depois de outubro os alunos ficam sem aula. Mas, por que outubro e não dezembro no fim das aulas? Exatamente pra não ter aula. Exatamente pra não pagar férias, décimo terceiro etc. Exatamente para a educação ser zero - porque os filhos deles não estudam nessas situações.

Negros haitianos que dominam quatro idiomas, são porteiros e lixeiros no Brasil. Mas, não há racismo - se tivesse racismo eles estariam dando aula em escolas de línguas. Ricos desviam dinheiro do erário, pobres roubam; filhos de ricos são dependentes químicos, dos pobres são maconheiros e traficantes. Realmente, bela democracia.

Na verdade, sofremos da ditadura da totalidade dos afortunados que recebem força dos aliados da imensa maioria dos remediados - e que  ainda são acompanhados da massa de pobres ludibriados pelo sonho da prosperidade e da ideologia dos seguidores do capital; e que sonham em ser remediados e depois afortunados. Porém, como sempre se soube, esse sonho não carrega todos; então, no futuro breve, alguém descreverá a mesmíssima situação.

E, no fundo de tudo, ridículos humanos são os que ironizam os direitos humanos para humanos direitos. Porque, em sua inocência cultivada, não sabem de nada. E assim vive-se da insanidade da ignorância de conceitos (realidade cognitiva) que se empaspalha com o senso comum.
 


Autores


Informações sobre o texto

Como citar este texto (NBR 6023:2018 ABNT)

MARTINEZ, Vinício; LEVEL, Inaê Level . Meninos negros. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 20, n. 4421, 9 ago. 2015. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/41201. Acesso em: 22 out. 2019.

Comentários

8

Veja todos os comentários